EnglishJapanesePortugueseSpanish

Beta Rangel se destaca como atriz durante a pandemia


Beta Rangel 37 Beta Rangel se destaca como atriz durante a pandemia

Artista radicada em Brasília passará pelo Festival de Cinema de Gramado, pelo Kashish Mumbai International Queer Film Festival e pelos cinemas da França

Em tempos de pandemia, onde os artistas se adaptaram a novos palcos, novas coxias e buscam resistir às restrições, a atriz radicada em Brasília, Beta Rangel, de 40 anos, se destaca na cena local, nacional e internacional. Além de acabar de participar da 22ª edição do Festival Cena Contemporânea com o espetáculo híbrido Estranhas, do diretor Jonathan Andrade, a atriz, produtora e dramaturga estará em cena neste sábado, 31 de julho, às 19h com a peça Bodas de Sangue (Coletivo Esperanza) no Festival de Teatro BC Em Cena (Festival de Balneário Camboriú, de Santa Catarina). O evento será transmitido nas redes do evento e também na TV Cultura. Informações: https://www.bcemcena.com.br/.

E ela não para. Rangel também vai marcar presença como atriz no filme Desvirtudes, da cineasta Gautier Lee. Desvirtudes estreia no dia 15 de agosto no Festival de Cinema de Gramado. O filme conta a história de uma estudante de jornalismo negra que após ser vítima de injúria racional na universidade, precisa lidar com a repercussão do fato. A produção será exibida no canal Brasil. Outro destaque, ela entrará também em cartaz no dia 4 de agosto com o filme Fendas, de Carlos Segundo, nos cinemas da França. O filme é do Rio Grande do Norte e tem coprodução francesa.

“Mesmo na pandemia, vivi muitas coisas boas. A gente não tem muita escolha a não ser resistir, né? Desistir pra mim não é uma opção. Então, sigo tocando os meus projetos, mas respeitando meu tempo. Às vezes bate a vontade de não fazer nada e deixo isso acontecer. Isso é um privilégio, deixar acontecer. No mais, eu tive a sorte de estar colhendo os frutos desses trabalhos feitos antes da pandemia”, destaca.

Rangel está ainda circulando em festivais e ganhando prêmios com o filme Advento de Maria, de Vinicius Machado. A produção vai estar em Mumbai, na Índia, no Kashish Mumbai International Queer Film Festival. O evento acontece de 19 de agosto a 5 de setembro e é reconhecido internacionalmente como um dos maiores festivais de cinema LGBT.

Arte na veia

São 27 anos de teatro, dezenas de peças e um amor incondicional pelo teatro, pelo cinema, pelas artes, em geral. Beta Rangel nasceu em São Paulo (SP), onde começou a fazer teatro, em 94. Logo depois se mudou para Brasília onde se formou na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e estudou/atuou com feras como Adriana Lodi, William Ferreira, Miriam Virna, Alessandro Brandão, dentre outros.

“E foi durante a faculdade que vieram os primeiros convites para o cinema também. Eu era muito tímida, não sei se era minha vocação ser atriz quando comecei. Mas amei tudo aquilo desde o primeiro dia. Ao perceber a transformação que a arte pode fazer no mundo eu decidi que essa seria minha vida”, pontua.

Rangel hoje integra as companhias Estupenda Trupe e Coletivo Esperanza de Brasília. E para quem quer seguir a carreira de artista, ela indica: “Acho que a melhor dica é cada um aprender a se produzir. Faz toda diferença para uma artista ela ser realizadora dos seus próprios projetos”.

Serviço: Beta Rangel se destaca como atriz na pandemia

Conheça a atriz: Instagram: @beta_rangel

Fonte: Clara Camarano

Fotos: Divulgação

Nossos Planos

Por: visitebrasilia
Data: 28/07/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!