EnglishJapanesePortugueseSpanish

BRASÍLIA GANHARÁ ROTA DO ROCK


%name BRASÍLIA GANHARÁ ROTA DO ROCK

Projeto lançado pela Setur-DF em parceria com a UPIS busca oferecer a experiência única de conhecer Brasília pelo olhar deste estilo musical já consagrado na identidade do DF

Famosa por revelar bandas que ganharam projeção nacional, como Legião Urbana, Plebe Rude, Raimundos, Natiruts, Capital Inicial, Detrito Federal, Cássia Eller, Maskavo, Scalene, entre outros, Brasília ficou conhecida no cenário musical do país como a capital do rock. Tanto que o estilo musical foi tombado como Patrimônio Cultural Imaterial do DF, nos termos da Lei Distrital no 5.615.

E com o olhar do atual Governo do Distrito Federal (GDF), o rock também ganhará um novo destaque. Isso porque a Secretaria de Turismo (Setur-DF) está estruturando a Rota Brasília Capital do Rock, um projeto inédito, elaborado em parceria com a faculdade União Pioneira de Integração Social (Upis) e a curadoria do vocalista da Plebe Rude, Philippe Seabra. A proposta é oferecer a moradores e visitantes uma experiência única de conhecer Brasília pelo olhar deste estilo musical já consagrado na história da cidade.

A iniciativa foi lançada nesta terça-feira, 23/3, no Salão Nobre do Palácio do Buriti, com a presença do secretário de economia do DF, André Clemente; a secretária de turismo do DF, Vanessa Mendonça; além dos músicos Philippe Seabra, da banda Plebe Rude; Kiko Peres, da banda Natiruts; Digão, dos Raimundos; PC Cascão, da Detrito Federal e Geraldo Ribeiro, da Blitx 64.

O novo projeto fortalecerá ainda mais Brasília como destino turístico, fomentando, por meio da economia criativa, o desenvolvimento local, gerando mais emprego e renda. A expectativa é que a rota Brasília Capital do Rock esteja disponível no formato digital já em abril, mês em que capital completa 61 anos.

“O segmento do rock para a atração do turismo no DF sempre foi uma iniciativa a ser resgatada pela nossa secretaria. E poder estruturar este projeto de forma integrada com todo o nosso governo, iniciativa privada, academia e ao lado de músicos que escreveram e viveram de perto esse movimento com tanta energia, é a maior verdade que podemos entregar a nossa população e visitantes. Uma rota que valoriza nossa história, nosso turismo criativo e ao mesmo tempo resgata a memória de grandes músicos que iniciaram suas carreiras de sucesso na nossa capital”, afirmou a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

“A capital do País irradia energia. A música deixa um legado e memórias, e o rock é nossa história. A música faz com que as pessoas se unam”, reforçou o secretário de Economia, André Clemente.

Os músicos também destacaram a importância do projeto para valorização do rock e imagem de Brasília. “As pessoas estão esquecendo a história deste estilo musical que, mesmo com pouca estrutura, veio do entusiasmo e se fortaleceu na capital do nosso país. E a proposta da rota é mostrar a essa nova geração que coisas importantíssimas aconteciam aqui durante essa época tão efervescente, na qual o rock explodia e alcançava o cenário nacional”, avaliou Philippe Seabra. “Brasília merece uma iniciativa como esta. Quando íamos tocar fora, sentíamos o respeito do público e o reconhecimento da nossa cidade como capital do rock. Queremos fortalecer isso”, lembrou o integrante da banda Natiruts.

Para a estruturação da rota, a Setur-DF mapeou aproximadamente 30 pontos que fazem parte da história do Rock de Brasília. Regiões como o Parque Vivencial II, local do “Rock na Ciclovia”, no Lago Norte; e a SQS 104 Sul, quadra onde os Paralamas do Sucesso moravam; o Cave, no Guará, local do primeiro show da Legião Urbana em Brasília; e o Teatro Rolla Pedra em Taguatinga, estão entre os locais que serão visitados.

Memória afetiva para muitos moradores e descoberta para os turistas, que ao percorrer a rota, acabam impulsionando toda a cadeia produtiva, seja movimentando o setor hoteleiro, utilizando os transportes, estendendo o passeio a um restaurante ou ainda conhecendo tantos outros atrativos da capital. “A rota é o início de uma ação. Ao mesmo tempo em que ela busca sensibilizar a população para valorizar o que a cidade tem de melhor, ela atrai mais visitantes impulsionando o lugar como destino turístico”, avaliou Leonardo Brant, professor de turismo da Upis.

Ao término da coletiva, os músicos subiram ao palco montando exclusivamente para a ação, seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, e agradeceram o reconhecimento do GDF da melhor forma possível: cantando seus clássicos.

A rota Brasília Capital do Rock irá integrar diversas outras rotas criadas pela Setur-DF para ajudar moradores e visitantes a conhecerem melhor os atrativos da capital federal. A Coleção Rotas Brasília, por exemplo, conta com a Rota Fora dos Eixos; do Cerrado; da Paz; Cultural; Náutica, Cívica e Arquitetônica. Essas já estão mapeadas e disponibilizadas no site da Setur-DF.

Fonte: SETUR

CAT – Centro de Atendimento ao Turista

 

Por: visitebrasilia
Data: 26/03/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!