EnglishJapanesePortugueseSpanish

BRB inicia operações com recursos do Fungetur


Instituição financeira receberá meio bilhão e é a primeira na capital federal a operar recursos do Fungetur possibilitando acesso de empreendedores locais ao crédito

%name BRB inicia operações com recursos do FungeturMinistério do Turismo repassará R$ 521 milhões para o BRB. Crédito: Roberto Castro/MTur

Apartir de agora, o acesso a linhas de financiamento via Fundo Geral do Turismo (Fungetur) ganha um importante reforço. O Banco de Brasília (BRB) iniciará a operação com esses recursos para empreendedores da cadeia produtiva do turismo local. O Ministério do Turismo repassará já nos próximos dias os primeiros R$ 521 milhões para que a instituição possa ofertar ao setor. A cerimônia de assinatura do credenciamento da instituição ao Fungetur ocorreu nesta terça-feira (15.12), em Brasília.

“Eu tive a oportunidade, e tenho gratidão ao presidente Jair Bolsonaro, de defender meu país, que tem o maior potencial turístico do mundo. Nada se compara ao Brasil. Não adianta aportarmos esse dinheiro, o empresário pegar esse recurso para salvar seu negócio se houver um novo lockdown, porque eles vão perder capacidade de pagamento e geração de renda”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado. “Nosso país foi exemplo de protocolos de segurança, inclusive de acordo com a WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo). Nós partimos na vanguarda da América Latina”, reforçou.

O ministro destacou também a relevância dos recursos do Fundo Geral do Turismo para a retomada do setor. “O Fungetur é fundamental para a recuperação econômica do trade. São R$ 5 bilhões, aqui em Brasília R$ 521 milhões. Não tenho dúvidas de que esse dinheiro vai fazer a diferença”, disse. “O credenciamento do Banco de Brasília é uma conquista histórica e permitirá que mais empresários da capital federal do País, desde o Microempreendedor Individual até grandes empresas, tenham acesso ao crédito do Fungetur”, completou.

O Ministério do Turismo disponibilizou, até agora, mais de R$ 3,9 bilhões em crédito emergencial em apoio ao setor, com o objetivo de preservar empregos e empresas diante da pandemia de Covid-19. Por meio do Fungetur, outros R$ 1 bilhão estão em análise para distribuição entre instituições recém-habilitadas ou em processo de habilitação neste período de alta temporada que se inicia com o verão.

Os recursos podem ser usados tanto para capital de giro – dinheiro necessário para bancar o funcionamento de uma empresa – quanto para aquisição de bens, como máquinas e equipamentos. Podem ser usados, ainda, para a realização de obras de construção, modernização e ampliação para a retomada das atividades, além de reformas em geral em empreendimentos paralisados pela pandemia.

O secretário nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Lucas Fiuza, destacou o papel do Fungetur na retomada das atividades turísticas. “Estamos empenhados em desenvolver o setor no país com qualidade, eficiência e investimentos. E, para isso, uma de nossas tarefas é credenciar cada vez mais agentes financeiros para aumentar a capilaridade do Fungetur. A adesão do BRB ao Fundo é um passo importante para que o turismo possa se recuperar da pandemia e se preparar para a retomada das atividades do setor”, disse.

%name BRB inicia operações com recursos do FungeturSecretário nacional Lucas Fiuza; secretária de Turismo do GDF, Vanessa Mendonça; ministro Gilson Machado; e vice-governador do GDF, Paco Britto.

O Fungetur conta, atualmente, com 25 instituições financeiras credenciadas. A ampliação do número de instituições habilitadas a operarem o fundo é parte de um esforço permanente do Ministério do Turismo para garantir que o dinheiro chegue, de forma facilitada e mais rápida, aos empreendedores do setor de turismo que precisam destes recursos.

Prova disso é o recente credenciamento do maior banco de desenvolvimento regional da América Latina, o Banco do Nordeste (BNB), além da liberação de R$ 200 milhões para que a Caixa Econômica Federal inicie a oferta de crédito pelo fundo, com previsão de novos aportes. A Caixa Econômica Federal está presente em todo o país, com mais de 4.160 unidades próprias espalhadas de norte a sul.

O vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, salientou as belezas de Brasília para o turismo e comemorou a assinatura que vai possibilitar a recuperação do trade. “Vai beneficiar todo o trade, não só como investimento, mas como geração de crédito, capital de giro”, afirmou, agradecendo ao presidente Bolsonaro e ao ministro do Turismo.

O Banco de Brasília possui 122 pontos de atendimentos localizados no Distrito federal e em outras cinco capitais do país (Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo), além de Unaí e no interior do estado de Goiás.

FUNGETUR – O Fungetur é uma linha de financiamento, com recursos do Ministério do Turismo, destinada, preferencialmente, aos segmentos de micro, pequenas e médias empresas. Diante dos impactos causados pela pandemia de Covid-19, o governo federal autorizou um crédito histórico de R$ 5 bilhões para auxiliar empreendimentos turísticos no cenário de crise, com taxas e prazos diferenciados.

A estimativa é de que com os R$ 3,9 bilhões em crédito já disponibilizado para empreendedores do setor de viagens e turismo, mais de 36,4 mil empregos diretos tenham sido preservados. Estes recursos permitiram o acesso ao crédito por 2.836 empresas localizadas em 499 municípios de 15 estados, alcançando 2.908 operações de crédito (contratos assinados). O número é 6.362% maior em relação a 2018 (45) e 1.228% superior na comparação com 2019 (220).

Do universo contratado, 93% dos recursos foram destinados a Microempreendedores Individuais (MEI) e micro, pequenas e médias empresas. Além disso, 82% dos contratos assinados neste ano foram para capital de giro.

Os recursos do Fungetur contribuíram para que o setor pudesse sobreviver aos efeitos da pandemia e, agora, o objetivo da iniciativa é que o setor possa iniciar a retomada das atividades.

Para saber mais sobre o Fungetur acesse AQUI.

Por Amanda Costa e Rafael Brais

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Por: visitebrasilia
Data: 16/12/2020


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!