EnglishJapanesePortugueseSpanish
07.10.2020

CCBB Live – Guinga e as Vozes Femininas

Image.16019909014950 CCBB Live Guinga e as Vozes Femininas

Leila Pinheiro, Ana Carolina e Simone Guimarães estão entre as oito vozes femininas convidadas para a homenagem a Guinga, a ser realizada entre 8 de outubro e 12 de novembro pelo Centro Cultural Banco do Brasil em formato 100% on line.

O Centro Cultural Banco do Brasil vai retomar, no formato online, uma série musical que estreou poucos dias antes da quarentena. GUINGA E AS VOZES FEMININAS será realizada de 8 de outubro a 12 de novembro no <youtube.com/bancodobrasil>, com idealização e direção da artista visual e cineasta Fernanda Vogas. Em cada live, transmitida do CCBB Rio de Janeiro sem plateia, serão apresentados diferentes repertórios e arranjos para a obra do homenageado, que completou 70 anos em junho deste inimaginável 2020. A série tem patrocínio do Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e o acesso às lives, ao ciclo de palestras e à masterclass será gratuito.

“Guinga é um gênio, compositor e violonista excepcional, e dono de uma voz singular. Para essa celebração convidamos oito cantoras de diferentes gerações e quatro instrumentistas para dividirem o palco com o homenageado. A identificação de Guinga com as vozes femininas é algo que lhe é bastante característico e que vem de há muito tempo: ele aprendeu a tocar violão acompanhando o canto de sua mãe, e desde os anos 70, tocou primeiro com Clara Nunes e Elis Regina e, depois, com Elza Soares, Nana Caymmi, Alaíde Costa, Zezé Gonzaga, Miúcha, Maria João, Leila Pinheiro e Mônica Salmaso, por exemplo”, conta Fernanda.

As lives terão um cuidado cinematográfico, com direção de Fernanda Vogas, fotografia de Thais Taverna e cenografia de Carmen Slawinski. “Me alegra muito conjugar a música com a linguagem cinematográfica, já que ambas trabalham com o tempo”, adianta a curadora. Escolhida para abrir e fechar os encontros, Leila Pinheiro derrete-se sobre o compositor que lhe rendeu um dos melhores álbuns de sua carreira também já longeva.

“Que alegria estar no palco com Guinga ao violão, celebrando os seus 70 anos de vida. Nos conhecemos no começo dos anos 80, quando fui arrebatada por suas músicas. É uma felicidade ter gravado o CD “Catavento e Girassol”, em 97, todo com suas parcerias com Aldir Blanc – para sempre um marco importantíssimo nas nossas carreiras. Fizemos muitos shows juntos e nos reencontraremos no palco do CCBB. Salve Guinga!”, festeja Leila. Além de Guinga, o também violonista Marcus Tardelli vai compartilhar os holofotes com a cantora de Belém do Pará nos dois shows, em 8 de outubro e 12 de novembro.

Outras vozes femininas

Em todos os encontros da série GUINGA E AS VOZES FEMININAS, o próprio  empunhará o seu instrumento. No dia 15 de outubro, Guinga vai receber a cantora lírica carioca – com versatilidade para o popular – Cintia Graton e Marcus Tardelli, ex-violão requinto do Quarteto Maogani, que gravou um disco solo dedicado à sua obra. No dia 22, Simone Guimarães, paulista radicada em Brasília, vai cantar com ele e o violonista Jean Charnaux. No dia 25, será a vez de unir pinhos com a carioca Anna Paes, também cantora, mais o clarone de Pedro Paes.

No dia 29 de outubro, Guinga e Charnaux acompanharão a jovem Bruna Moraes, de São Paulo. No dia 1 de novembro, a mineira Ana Carolina emprestará a sua voz grave ao repertório luxuoso de Guinga, com o reforço de Jean Charnaux. Já no dia 5 de novembro, a potência vocal da carioca Ilessi se somará às cordas de Guinga e Charnaux. No dia 8 de novembro, Luísa Lacerda, ótima violonista do Rio de Janeiro, vai cantar e tocar com Guinga e o sax soprano de Zé Nogueira.

Além dos shows, a série oferecerá uma masterclass com o próprio Guinga no dia 10 de outubro, sobre a influência de Villa-Lobos e Tom Jobim nas suas criações. Guinga desenvolveu um jeito único de dedilhar o seu seis cordas, inspirando as novas gerações do violão e fazendo as intérpretes sonharem com o seu acompanhamento inventivo e mais do que completo. E o público poderá assistir a três palestras com a violonista e cantora Anna Paes, professora da Escola Portátil de Música: nos dias 24 (“Guinga e Paulo César Pinheiro”) e 31 de outubro (“Guinga, memória, história e identidade”) e 7 de novembro (“Viva Aldir! A parceria entre Guinga e Aldir”).

Breves linhas sobre Guinga

Violonista incensado no mundo inteiro, admirado pelos seus pares e pela crítica especializada, Guinga já recebeu importantes premiações, como o Prêmio Sharp, em 1996 (de Melhor Disco Instrumental e Melhor Produção por “Cheio de Dedos”; Melhor Música Instrumental por “Dá o Pé Loro” e Melhor Canção por “Chá de Panela”), o Prêmio da Música Brasileira (Melhor Canção por “Sedutora”, em 2015, e Melhor Arranjador por “Porta da Madama”. em 2016), além da indicação em 2012 ao Grammy na categoria Melhor Disco Instrumental por “Rasgando Seda”, gravado com o Quinteto Villa-Lobos.

Com mais de 50 anos dedicados à música e quase 20 álbuns solo e com parceiros valiosos, o carioca de Madureira Carlos Althier de Sousa Lemos Escobar foi trocando gradualmente a cadeira de dentista pelas partituras como forma de ganhar a vida. A herança sonora de Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Garoto, Baden Powell, Heitor Villa-Lobos e Tom Jobim fez da música espetacular de Guinga um manancial para todos que procuram algo completamente novo na música popular brasileira.

AGENDA DE LIVES

Dia 8 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Leila Pinheiro e Marcus Tardelli

Dia 15 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Cíntia Graton e Marcus Tardelli

Dia 22 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Simone Guimarães e Jean Charnaux

Dia 25 de outubro (domingo), às 20h
Guinga recebe Anna Paes e Pedro Paes

Dia 29 de outubro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Bruna Moraes e Jean Charnaux

Dia 1 de novembro (domingo), às 20h
Guinga recebe Ana Carolina e Jean Charnaux

Dia 5 de novembro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Ilessi e Jean Charnaux

Dia 8 de novembro (domingo), às 20h
Guinga recebe Luísa Lacerda e Zé Nogueira

Dia 12 de novembro (quinta-feira), às 20h
Guinga recebe Leila Pinheiro e Marcus Tardelli

MASTERCLASS – COM GUINGA

Dia 10 de outubro (sábado), às 20h, com a temática “A influência de Villa-Lobos e Tom Jobim na obra do compositor”

CICLO DE PALESTRAS – POR ANNA PAES
Aos sábados, às 20h

Dia 24 de outubro :: Guinga e Paulo César Pinheiro

Dia 31 de outubro :: Guinga, memória, história e identidade

Dia 7 de novembro :: Viva Aldir! A parceria entre Guinga e Aldir Blanc

FICHA TÉCNICA

Patrocínio: Banco do Brasil

Realização: Centro Cultural Banco do Brasil

Produção: Vogas Produções

Curadoria e Direção Geral: Fernanda Vogas

Operadoras de Câmera: Thais Taverna e Rita Albano

Design Gráfico: Xabier Monreal

Cenografia: Carmen Slawinski

Sonorização: Spectacle

Técnico de som: Leco Passolo

Operação de luz: Julio Katona

Transmissão: Video Shack e All Net

Assistente de produção: Barbara Mazzola

Fotografia: Renato Mangolin

Fonte: Assessoria de imprensa do CCBB e  Belmira Comunicação

Cidade
Data
Adultos
Crianças
Bebês

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!