EnglishJapanesePortugueseSpanish

Chef Giovanna Grossi participa do Festival Fartura com o chef Marco Espinoza


Para celebrar a gastronomia brasileira e o início da retomada do setor, o Projeto Fartura – Gastronomia do Brasil realiza, pelo segundo ano consecutivo, o Festival Fartura Gastronomia Du Brasil. Em 2021, o evento acontece em várias cidades do Brasil e a Chef Giovanna Grossi, do restaurante Animus, foi convidada para participar da edição em Brasília, promovendo um jantar a 4 mãos com o chef Marco Espinoza no restaurante Sagrado Mar. “É uma grande oportunidade e um prazer enorme fazer parte de um projeto tão importante para a divulgação da comida e cultura brasileira! “completa Giovanna. O jantar acontece no próximo dia 22 de outubro com 6 tempos e preço de R$210 + taxa de serviço.

Confira a seguir o menu completo:

Primeira entrada: Gaspacho de Tangerina, camarão confit, emulsão de coentro e avelã picante (chef Giovanna Grossi)

Segunda Entrada: Croquete de porco, Creme de alho preto, terra de quinoa (Chef Marco Espinoza)

Primeiro Prato: Arroz bolinha cremoso com costela bovina, gel de pitanga e tomilho, farofinha de ervas (Chef Giovanna)

Segundo Prato: Polvo Com molho verde e texturas de milho (Chef Marco Espinoza)

Pre-sobremesa: Flor de beterraba, coalhada e puxiri (Chef Giovanna Grossi)

Sobremesa: Figos com calda de baunilha apimentada e creme de mascarpone

004a53a4 922f 4bca 86ab 14cefea7b8cc 200x300 Chef Giovanna Grossi participa do Festival Fartura com o chef Marco Espinoza

Sobre Giovanna Grossi

Ela não se lembra, mas quando completou 40 dias, os pais a levaram de Jaú, no interior paulista, para Maceió, a capital alagoana. A memória de crescer comendo cuscuz e macaxeira, porém, é muito presente, assim como a de ter passado natais, réveillons e outros feriados dentro de restaurante, pizzaria e cachaçaria desde que se conhece como gente. Foram os negócios familiares que inspiraram Giovanna a cursar Gastronomia na Anhembi Morumbi e a partir para a França, em 2012, onde estudou no célebre Instituto Paul Bocuse, integrou a equipe do triplamente estrelado Le Taillevent, aperfeiçoou-se em confeitaria no Instituto Alain Ducasse e estagiou no Maison Pic de Valence. Coisa de sagitariana que adora mudar, partiu então para a Espanha. Em 2014, inscreveu-se no Basque Culinary Center, em San Sebastian, fez uma temporada no Quique Dacosta e seguiu para Barcelona, onde formou-se em confeitaria para restaurante na respeitada Espai Sucre. O retorno para o Brasil ganhou alento pela seleção para o Bocuse d’Or, principal concurso gastronômico internacional para jovens chefs. Aos 23 anos de idade, Giovanna venceu a etapa brasileira e a latino-americana, no México, e, em 2017, foi a primeira mulher brasileira a chegar às finais mundiais, novamente em Lyon. O ineditismo se repetiu este ano quando, a convite de Laurent Suaudeau, foi a única jurada dessa Copa. Atualmente, a chef comanda a Academia Brasil d’Or (organização sem fins lucrativos que ela mesma criou para divulgar nossa cozinha e formar times de competição para o Bocuse d’Or) e começa a trilhar o caminho de cozinheira com casa própria, o restaurante Animus em São Paulo

Chef Marco Espinoza

O chef peruano Marco Espinoza é um expoente da nova gastronomia no Brasil ao fundir a cozinha contemporânea com elementos, produtos, e temperos tipicamente peruanos com novas técnicas de preparo. Comanda o Taypá, em Brasília, eleito um dos cinco melhores peruanos do mundo pelo jornal Diario el Comercio, do Peru.  Espinoza mudou-se de Lima para Buenos Aires aos 19 anos. Formou-se chef pelo I.A.G (Instituto Argentino de Gastronomia) e foi chef executivo da embaixada peruana na Argentina, de onde saiu para ficar à frente do restaurante Bardot, em Palermo. De lá seguiu para as principais cozinhas portenhas antes de fixar-se na capital brasileira para fundar o Taypá. Em 2013 fincou território no Rio de janeiro para estar também à frente do Lima Cocina Peruana (que em 2015 foi reconhecido pelo Guia Michelin Brasil com o mérito Bib Gourmand), nos bairros cariocas de Botafogo, Laranjeiras e Tijuca, além da unidade de Niterói. O chef comanda também o El Chaco Parrilla, com endereços em São Paulo e Rio de Janeiro; o Cantón, no Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo; e o Sagrado Mar, também em Brasília, ao lado dos seus sócios no Taypá.Com o título recebido pelo Taypá de ‘Melhor Restaurante Peruano no Brasil’ do governo do Peru, Espinoza recebeu uma medalha pelo seu talento e excelente trabalho realizado no restaurante. Foi eleito chef do ano pelo júri de Veja Brasília “Comer & Beber” em 2014 e pelo guia gastronômico Brasília Show Gastronomia 2016/2017. Também foi convidado para comandar a cozinha da Casa do Peru, nas Olímpiadas Rio 2016.

Jantar Fartura  – Chef Giovanna Grossi e chef Marco Espinoza

Local: Sagrado Mar

Data: Dia 22/10

Endereço: SHIS QI 17, bloco G, sala 201 – Ed. Fashion Park – Lago Sul

Reservas: (61) 32015156 ou (61) 99197-1287 (whatsapp)

 

Fonte: Orantes.C Assessoria de Comunicação

Foto: Divulgação

Por: ASCOM VB
Data: 14/10/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!