EnglishJapanesePortugueseSpanish

Choro será case turístico em Brasília


Gênero musical que imortalizou nomes como Valdir Azevedo vai ganhar rota específica na capital. Maestro Reco do Bandolim anuncia parceria com a Setur-DF e celebra a conquista ao lado de Toquinho

3c33815f 8954 4363 9aff 63596bc6fe97 Choro será case turístico em Brasília Palco do Projeto Vibrar com o maestro e presidente do Clube do Choro, Henrique Filho,
o Reco do Bandolim. Foto: Renato Braga/Setur-DF

O choro ou chorinho é um dos mais ricos gêneros musicais praticados no Brasil. Há muito tempo é motivo de admiração e atração turística para fãs e músicos do mundo todo. Por meio do choro, o Brasil é exportado para os quatro cantos do Planeta. O Clube do Choro de Brasília já constitui um ponto turístico na capital, mas agora passará a ser uma Rota Turística, com o mapeamento de todos os locais onde essa música maravilhosa é executada e apresentada em Brasília, além de ser aparelhada para melhor atender o público local e o visitante.

O anúncio foi feito na noite deste domingo, no palco do Projeto Vibrar, pelo maestro e presidente do Clube do Choro, Henrique Filho, o Reco do Bandolim, ao lado da secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, que referendou a parceria na presença de Toquinho.

ee98b52d ff1e 4ef1 b123 8f2316b45167 Choro será case turístico em BrasíliaA secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, anuncia a criação da Rota do
Choro, durante o Projeto Vibrar . Foto: Renato Braga/Setur-DF

“A Rota do Choro de Brasília, a exemplo do que acabamos de fazer com o rock, vai proporcionar ao público um acesso fácil aos principais locais dedicados à essa música no DF”, afirmou a secretária Vanessa Mendonça. “Brasília também será a Capital do Choro. Porque aqui na nossa cidade estiveram e estão os maiores nomes desta música brasileira reconhecida mundialmente”, completou a Secretária de Turismo do DF.

“Isso é muito bom, estamos vendo que as coisas começam a voltar ao normal. Teremos um ótimo recomeço pela música. Precisamos sim ir retomando nossas vidas, nossa música, que é turística, atrai os olhares do mundo inteiro”, disse Toquinho.

89c7e3f3 4e0a 460c bab4 b4619c601c33 Choro será case turístico em BrasíliaA secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e o músico
Toquinho durante o Projeto Vibrar. Foto: Renato Braga/Setur-DF

Vanessa Mendonça parabenizou os empreendedores do Projeto Vibrar, que rigidamente dentro do protocolo de prevenção à covid-19, estão oferecendo uma programação no estilo lounge, com distanciamento e segurança, a um público inclusive de fora do DF. “Mais uma vez esses jovens abraçam a ideia do novo olhar sobre o turismo que estamos promovendo aqui em Brasília, por determinação do governador Ibaneis Rocha e por um trabalho diuturno da Setur-DF”, disse a Secretária.

82ac5ee4 1c26 4f26 a625 64662140de9b Choro será case turístico em BrasíliaA secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e os músicos Reco do Bandolim
e Toquinho, durante o Projeto Vibrar . Foto: Renato Braga/Setur-DF

“Você olha nos olhos das pessoas e vê que elas estão precisando, de alguma forma, voltar às suas vidas normais e a consumir a cultura”, observou Reco do Bandolim. Para ele, a Setur-DF vem assumindo, na verdade, “não apenas o turismo, mas também a cultura de Brasília”, pontuou o instrumentista. “A secretária Vanessa Mendonça está presente o tempo todo. Agora mesmo ela fez a Rota do Rock  e já disse que vai fazer também a Rota do Choro. É uma pessoa ativa, inteligente, sensível, que ama a nossa cidade. Isso fica muito claro nas ações dela à frente da Secretaria de Turismo e nas falas que ela pronuncia”, afirmou Reco.

Segundo ele, todos os produtores culturais envolvidos no Projeto Vibrar informaram que a promoção só foi efetivada graças ao esforço da Secretaria de Turismo do DF. “Eles disseram que dependeram fundamentalmente da Vanessa e que ela deu total apoio para que acontecesse uma noite tão bonita como essa. Todo mundo alegre, precisando sorrir, ouvir uma música boa…”, pontuou Reco do Bandolim.

e07b874e 1d23 4dbd ad23 f5b62759b9fc Choro será case turístico em BrasíliaO músico Reco do Bandolim e banda se apresentam no Projeto Vibrar. Foto: Renato Braga/Setur-DF

“Veja, num momento como este, em que perdemos o Ministério da Cultura, ficar sem um filme, sem um teatro, sem uma música, é impossível. São ações assim que trazem pra nós a vida”, finalizou o presidente do Clube do Choro de Brasília.

Fonte: SETUR/DF

Fotos: Renato Braga/Setur-DF

https://www.instagram.com/visitebrasilia/

Por: visitebrasilia
Data: 18/08/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!