12.07.2017

Desejo de comer uma boa carne?

ancho foto Rafael Lobo Desejo de comer uma boa carne?

Otro Parrilla ajuda você a entender e explorar os tipos de cortes

Quando se fala em churrasco, a paixão nacional quase sempre é a picanha. Em terras argentinas e uruguaias, o corte é conhecido como tapa de cuadril. Os cortes da cozinha vizinha são muito parecidos com os do Brasil. Na verdade, o que muda são os nomes e o modo de preparo. Muita gente viaja para a terra dos hermanos e às vezes não sabe o que pedir. Para não correr o risco de fazer o pedido errado, que tal conhecer os nomes dos cortes das carnes?

No Otro Parrilla, as carnes são preparadas no estilo argentino, sempre na parrilla, assadas em uma grande grelha, e nunca espetadas ou expostas diretamente ao fogo. O que assa é o calor das brasas, que garante o sabor de cada corte e mantendo a suculência. No cardápio do restaurante, os nomes também dos cortes estão em espanhol, mas sempre com a tradução em português.

Se você já foi à Argentina, sabe que lá quem reina é o bife de chorizo. Mas atenção, cuidado para não se enganar pelo nome: o bife de chorizo argentino não tem nenhuma relação com o nosso chouriço. Na verdade, trata-se de um corte espesso muito saboroso, tirado do contrafilé e acompanhado de uma capa de gordura.

Outro corte muito popular é o bife ancho. Também tirado do contrafilé, é uma carne com bastante gordura entremeada, sabor intenso e maciez. No Otro Parrilla, o que também agrada em cheio os clientes são o asado de tira, costela de boi e o vacio, que é a fraldinha.

Para acompanhar, arroz parrillero, que leva linguiça picante, salsinha, ovos e batata palha; a deliciosa farofa com ovos, sucesso entre os pedidos; a batata grelhada com roquefort; além de outras fartas opções, tudo cuidadosamente preparado para satisfazer os paladares mais exigentes.

Pioneiro em parrillas em Brasília, Tiago Laude, diz que o brasiliense
aprendeu a apreciar uma boa carne. “Os nossos clientes sabem muito bem o que pedir. Entendem de cortes e o ponto correto das carnes”, garante.

No mercado há mais de uma década, Leandro Pompeu, também sócio do Otro, diz que entre os muitos desafios para a longevidade de estabelecimentos especializados em produtos nobres, destaca-se a qualidade dos fornecedores. “Os cortes oferecidos pelas casas definem o sucesso comercial e a aceitação do público”, comenta e lembra que a verificação de denominação de origem, garantia de regularidade dos produtos e temperatura correta no transporte são apenas algumas das etapas de cuidados frequentes.

Com ambiente descontraído e badalado, o local traz todo charme das parrillas uruguaias e porteñas em um ambiente contemporâneo e acolhedor, o que atende todos os gostos, desde um almoço em família ou um happy hour, que pode ser acompanhado de pratos especiais, como o arroz de polvo ou entradinhas, como burrata e steak tartare, para quem quer só petiscar e curtir drinks, no fim do dia.

O grande diferencial do estabelecimento em relação a outros do tipo, além da qualidade das carnes, é a localização. O restaurante está situado ao lado da Ponte JK, a poucos metros do Lago Paranoá.

ojo de bife foto Rafael Lobo Desejo de comer uma boa carne?

 

A adega conta com mais de 200 rótulos, dos mais variados preços e países. Uma carta de vinhos toda pensada para harmonizar com as carnes do cardápio.

Para saber um pouco mais:
O contrafilé é na verdade o famoso bife de chorizo.
A picanha é o tapa de cuadril.
Fraldinha é o vacio.
Alcatra é a colita de cuadril.
Costela é o asado de tira.
Filé de costela é bife ancho.
O miolo do contrafilé é o ojo de bife.
Filé mignon é lomo.
Linguiça é o chorizo, cuidado para não confundir com o bife de chorizo.
Para quem gosta de experimentar de tudo, ou aqueles que preferem passar longe, é bom saber que achurras são os miúdos do boi, normalmente servidos em parrilladas ou entradas. Por exemplo:
Riñones sãos os rins.
Chinchulines é o intestino delgado.
Morcilla é o chouriço brasileiro.
Molleja é uma glândula localizada na garganta do boi.

Otro Parrilla
Endereço: Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2, lote 40 (ao lado da ponte JK)
Telefone: (61) 3345 1348
Horário de funcionamento: De segunda a quinta, de 12h às 15h30 e de 19h à 0h. Sex e sáb de 12h à 0h30. Domingo de 12h às 18h
O restaurante conta com serviço de manobrista

Fotos: Rafael Lobo/ Zoltar Design

Fonte: 70 Mil Assessoria e Consultoria

 

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!