EnglishJapanesePortugueseSpanish

Espetáculo Bodas de Sangue representará o DF em festival de Camboriú e terá transmissão pela TV Cultura e redes sociais do evento


Bodas de sangue 3 Espetáculo Bodas de Sangue representará o DF em festival de Camboriú e terá transmissão pela TV Cultura e redes sociais do evento

Produção on-line da Cia Esperanza traz adaptação de clássico de Garcia Lorca com foco no olhar feminino

Uma noiva foge com seu amor do passado, Leonardo Felix, no dia do seu casamento. O noivo, rejeitado e enfurecido, sai à caça do casal. Ao encontrá-los, noivo e amante travam uma briga que acaba em morte trágica aos pés da mulher amada. Inspirado no eterno clássico Bodas de Sangue, do espanhol Federico García Lorca (1898-1936), o espetáculo Bodas de Sangue coloca a figura feminina como ponto central da narrativa para retratar essa história em três atos de amor e tragédia.

Em cena, elas – atrizes da capital federal – se revezam nos papeis para dar vida aos personagens. Com direção de Tiago Venusto, a produção do Coletivo Esperanza de Brasília traz as atrizes Alzira Bosaipo, Glednna Fernanda, Beta Rangel, Alana Ferrigno na adaptação on-line que poderá ser conferida no Festival de Teatro BC Em Cena (Festival de Balneário Camboriú, de Santa Catarina).

Após processo seletivo nacional, Bodas de Sangue foi escolhida para representar o Distrito Federal no evento que acontecerá de 28 a 31 de julho no canal do YouTube e redes sociais do Festival e também em transmissão simultânea na TV Cultura. A produção de Brasília poderá ser conferida no dia 31 de julho, sábado, a partir das 19h, e contará com bate-papo com o coletivo do Distrito Federal. Informações: https://www.bcemcena.com.br/. Gratuito. Livre para todos os públicos.

Coletivo Esperanza – Fundado em 2013, majoritariamente por mulheres na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, o Coletivo Esperanza é reconhecido por desenvolver projetos culturais e educativos. Bodas de Sangue já teve versão presencial. A peça foi então selecionada para o Festival Dulcina 2018, ganhou o segundo lugar no Prêmio Web Teatro do DF/2018 e, em 2021, recebeu o prêmio Teatro Virtual, pela Funarte.
Agora, eles estão concorrendo a categorias como a de melhor espetáculo on-line, melhor atriz e direção no Festival de Teatro BC Em Cena (Festival de Balneário Camboriú, de Santa Catarina).
“É interessante observar que no clássico de Garcia Lorca as personagens femininas não tinham nome. E Lorca se inspirou em uma notícia de jornal da época para contar essa história baseada em dramas familiares. Pesquisamos e vimos que, nos dias de hoje, em pelo século 21, as mulheres também não são creditadas. É sempre a mulher do “”fulano””, a prima do “”ciclano””. E é por isso que sentimos essa necessidade do ponto de vista do ser da mulher neste espetáculo. Tanto que só há mulheres em cena”, destaca o diretor Tiago Venusto.

Junto ao grupo Esperanza, Venusto começou a dar vida a essa nova adaptação virtual em dezembro de 2020. Após um mês de ensaio, a peça foi gravada em janeiro deste ano no Complexo Cultural Funarte de Brasília. Agora, quem assistir poderá adentrar nesta “caixa-cênica” que traz figurinos, cenário e inspirações do movimento surrealista e de ícones como David Lynch, Frida Kahlo, Luis Buñuel, dentre outros.

“A sensibilidade de (Tiago) Venusto para com o feminino é fundamental para contar essa história. A peça foi escrita por Lorca a partir de um recorte de uma reportagem, daquelas que não citam o nome da vítima. Dar rosto a essas mulheres tantas vezes ignoradas é emocionante”, exclama a atriz Beta Rangel que, na versão presencial, esteve em cena apenas com a atriz Glednna Fernanda.Agora, elas se unem à Alzira Bosaipo e Alana Ferrigno na versão on-line de 50 minutos.

Ficha técnica:

Direção, Direção de Vídeo e Cenografia: Tiago Venusto Nery

Com: Alzira Bosaipo, Glednna Fernanda, Beta Rangel, Alana Ferrigno

Participação especial: Lôsha Buah e Carol Santis

Fotografia e Produção executiva: Rafael Morbeck – Merun

Assistente de Direção: Danton Duval

Assistente de Fotografia: Thaís Holanda

Iluminação: Emmanuel Queiroz

Som e composição musical: Coletivo Esperanza

Cenotécnico: Edézio Araújo

Contrarregragem: Edézio Araújo

Figurino: Tiago Venusto Nery

Costureiros: Fernando Cardoso e Neide Oliveira

Produção: Danton Duval e Carol Santis

Produção de Vídeo: Merun e APT7 Filmes

Assessoria de Imprensa: Clara Camarano

Local de Gravação: Complexo Cultural Funarte Brasília-DF

A filmagem do espetáculo foi patrocinada pela Funarte e Ministério do Turismo.

Duração do espetáculo: 50 min

Serviço: Espetáculo on-line Bodas de Sangue representará o Distrito Federal no Festival de Teatro BC Em Cena e terá transmissão na TV Cultura

Data: 31 de julho, sábado

Horário: A partir das 19h

Informações/assista em: https://www.bcemcena.com.br/

Gratuito

Livre para todos os públicos.

Fonte: Clara Camarano

Crédito das fotos: Coletivo Esperanza

Nossos Planos

Por: visitebrasilia
Data: 22/07/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!