EnglishJapanesePortugueseSpanish
11.08.2020

Evento online abordará preconceito contra o idoso

somos60 0q 1024x576 Evento online abordará preconceito contra o idosoPromovido pelo Movimento Somos 60+, o Somos 60+ Encontros trará convidados famosos e anônimos, para falar sobre os desafios de ser idoso no país

No próximo dia 11 de agosto, as 19h, o Movimento Somos 60+, plataforma de conteúdo e inclusão para a geração longeva,  promove o evento digital Somos. 60+ Encontros, que vai trazer a tona o preconceito contra o idoso, sob a temática:  Etarismo – Precisamos falar sobre isso! O mundo está ficando grisalho e o preconceito traz impacto à sociedade.”

O evento será transmitido ao vivo, pelo canal do YouTube Somos 60 Mais, e contará com a participação de personalidades e especialistas como Gonçalo Vecina, médico, professor e ex-secretário municipal de saúde de São Paulo; Claudia Grande, influencer digital da terceira idade com mais de 800 mil seguidores; Carlos André Hueara, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia; o radialista Eli Correa, entre outros. 

A empregabilidade dessa população também será abordada. Convidados ligados à instituições de Recursos Humanos e especializados em recolocação também estão confirmados: são eles Luciano Amato, vice-presidente da Abprh, Mórris Litvak  CEO da MaturiJobs e Gilberto Costa, da JP Morgan. Estão previstas ainda atrações musicais como as cantoras Tania Mara, Monica Schimenes e o maestro Ogair Júnior.

O evento será  a oportunidade de discutir a inclusão da população que está envelhecendo, mas quer ter qualidade de vida, a importância da luta contra o preconceito e a violência contra o idoso, a promoção da saúde e o bem-estar das pessoas acima de 60 anos, a luta contra os estereótipos negativos relacionados à idade e os impactos que o preconceito contra os idosos causa na sociedade, o chamado etarismo (ou ageísmo).

“O mundo está ficando mais maduro, e as pessoas com mais idade se mantêm ativas em uma sociedade que nem sempre está preparada para abraçar todos os públicos. Hoje essa parcela da população é economicamente ativa, consumidora, integrada às novas tecnologias e precisa ser incluída, respeitada e ter suas necessidades assistidas”, destaca Martha Oliveira, médica pediatra e epidemiologista e sócia-fundadora do Movimento Somos 60+.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente no Brasil 13% da população tem mais de 60 anos. Acredita-se que em 2031, o país terá mais idosos do que crianças e adolescentes e a previsão é que em 2042, cerca de 57 milhões dos brasileiros sejam idosos. “São números que não podem ser ignorados, e essa população precisa de visibilidade e inclusão”, garante Martha.

O encontro digital Etarismo – Precisamos falar sobre isso! é beneficente e receberá doações online que terá sua renda revertida para o Instituto Horas da Vida – uma instituição sem fins lucrativos, fundada em 2013, que tem como missão estruturar uma rede de voluntariado na área da saúde e que realiza atendimentos com foco em atenção primária, promovendo a inclusão social por meio do acesso à saúde a pessoas em situação de vulnerabilidade que estão vinculadas às organizações não governamentais assistidas pelo programa. Atualmente, 11 instituições são atendidas pela iniciativa, abrangendo quase 120 mil pessoas na cidade de São Paulo.

Para acompanhar o evento digital Encontros sobre Etarismo – Precisamos falar sobre isso!, basta entrar no canal do YouTube Somos 60 Mais, curtir a página e marcar o sininho de notificação para ser avisado sobre o evento.

SERVIÇO

Somos 60+ Encontros

Data: 11 de agosto de 2020

Horário: 19h

Acesso gratuito: https://www.youtube.com/watch?v=zQTyme0Vvk8

Sobre o Movimento Somos 60+

Criado por executivas da saúde, o Movimento Somos 60+ é uma plataforma de conteúdo e inclusão que gera informações e pautas relevantes à população acima de 60 anos, que vem crescendo no Brasil e, até 2030, terá a quinta população mais idosa do mundo. Encabeçado por Martha Oliveira, Michelle Mello, Tânia Machado e Valquíria Machado, o Somos 60+ quer fortalecer, junto às comunidades, os conceitos de diversidade e inclusão, além de enfatizar a importância da luta contra o etarismo e a violência ao idoso, promovendo a saúde e o bem-estar de todos os cidadãos acima dos 60 anos de idade. O mundo está ficando grisalho e o preconceito, que traz impactos relevantes, precisa ser quebrado.

O Movimento Somos 60+ visa garantir que esta fatia tão relevante da população brasileira seja vista e atendida, com carinho, compreensão, respeito e inclusão.

Fonte: Deborah Rezende

Fotos: Divulgação

Cidade
Data
Adultos
Crianças
Bebês

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!