Brasília em um Único lugar.

19.01.2018

MUSICAR – FESTIVAL MUSICAL INFANTIL ESTÁ VOLTA A BRASÍLIA

WilsonMoreira porVivianRibeiro MUSICAR FESTIVAL MUSICAL INFANTIL ESTÁ VOLTA A BRASÍLIA

 Em janeiro, o CCBB-Brasília recebe festival de música com mais de 70 atrações, entre espetáculos, acolhimentos, oficinas e vivências musicais que, de forma lúdica, instigam a inteligência e a sensibilidade das crianças de todas as idades

De 18 a 28 de janeiro de 2018, acontece no Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília (CCBB-Brasília) a 2ª edição do Musicar – Festival Musical Infantil. Com mais de 20 shows de grupos de várias partes do país e mais de 50 atividades, entres vivências musicais, oficinas, acolhimentos, rodas de conversa, mostra de filmes, instalações sonoras e feira gastronômica, o festival, que tem curadoria da musicista e educadora de Bebel Nicioli, conta com patrocínio da Vivo, através da LIC (Lei de Incentivo à Cultura do Distrito Federal), e do Banco do Brasil. A entrada para cada espetáculo musical custa R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada). Já a participação nas oficinas, vivências e nos acolhimentos é gratuita, mas sujeita à lotação do espaço. A classificação é livre para todos públicos. As entradas começam a ser vendidas a partir do dia 27 de dezembro nas bilheterias do CCBB-Brasília – com exclusividade para clientes BB Estilo e Private e para clientes Vivo Pós – e a partir do dia 2 de janeiro para todo o público.

As mais de 70 atividades desta edição do Musicar – Festival Musical Infantil acontecerão em vários espaços do CCBB-Brasília.  No Teatro I, acontecem os shows e espetáculos de grupos teatrais, circenses e musicais. A programação começa no dia 18 com o Circo Teatro Udi Grudi (DF), às 11h, e o espetáculo “Udi Grudi em ConSerto”. À tarde, em duas sessões, às 16h e às 18h, é a vez da Carroça de Mamulengos (CE) apresentar o espetáculo “Passarinhos”, que conta ainda com a participação do músico Beto Lemos.

Na sexta-feira, 19, a programação de shows do Musicar segue com a apresentação do projeto inédito de Wilson Moreira, às 11h. O sambista carioca mostra pela primeira vez as canções de “Tá com Medo, Tabaréu?”, seu novo álbum, um disco voltado para o público infanto-juvenil com sambas inspirados em sua infância e nas crianças. O CD está em fase de gravação e a previsão é o que lançamento aconteça em março de 2018. No palco do Musicar ele apresenta o repertório novo, além de músicas consagradas ao longo da carreira de Wilson, como, “Meu Baio e Meus Balaios”, “Coisa da Antiga” e “Goiabada Cascão”. À tarde, Isadora Canto (SP) apresenta o show “Vida de Criança” em duas sessões, às 16h e às 18h.

No sábado, 20, o grupo Pé de Cerrado (DF) apresenta o show “Brasileirinhos”, às 11h. Às 16h e às 18h, O Grupo Triii (SP) volta ao festival para o show de lançamento do CD “Dia e noite”. Fora do teatro, no palco montado no gramado do Centro Cultural, Fernando César e Regional encontram a Orquestra de Cavaquinhos de Brasília (DF) para uma roda de Choro ao ar livre, às 17h, em apresentação aberta ao público.

No domingo, acontecem os espetáculos “Violinha Caipira – Cerrado, Viola e Raiz”, com Marcello Linhos (DF), às 11h, e “Vem dançar”, do grupo Pequeno Cidadão (SP), às 16h e às 18h, encerrando a programação musical do primeiro fim de semana do projeto.

Durante a semana, entre terça e quinta-feira (o Centro Cultural Banco do Brasil não abre às segundas), oficinas, vivências musicais, mostra de filmes, rodas de conversa e instalações musicais interativas ditam a programação. Os espetáculos musicais, no entanto, são retomados na sexta, para o fim de semana de encerramento do festival.

Na sexta-feira, 26 de janeiro, o espetáculo “Debussy para Crianças – Concerto de Bolso” (DF), reinaugura a programação musical. A apresentação, que é parte da já conhecida série “Concertos para crianças”, acontece às 11h. Na parte da tarde, às 15h, a Cia Os Buriti (DF) apresenta o espetáculo “O Marajá sonhador e outras histórias”.

No sábado, o Quartabê (SP) realiza a apresentação musical “Moacir de Todos os Santos – escuta, história, reflexão”, às 11h e às 15h.  Um pouco mais tarde, às 16h, a Banda de Pífanos Ventoinha de Canudos (DF) completa a programação musical, dessa vez no gramado do Centro Cultural Banco do Brasil, em apresentação gratuita, aberta ao público.

No domingo, o grupo Bolerinho (SP) abre a série de shows às 10h30, no Teatro II, repetindo a dose às 15h, no mesmo espaço, em duas apresentações gratuitas, com entrada mediante distribuição de senhas. A Fada Magrinha (PE), que conta com participação do Caboclo de Lança da Orquestra Marafreboi (DF), faz duas apresentações no Teatro I, às 11h e às 15h. A Orquestra Marafreboi (DF) fecha a programação musical da segunda edição do festival às 16h, no gramado.

À exceção da Roda de Choro, da Orquestra de Pífano e da Orquestra Marafreboi (que se apresentam gratuitamente no gramado) e do grupo Bolerinho (que toca no Teatro II, em show também gratuito), os shows acontecem no Teatro I do CCBB-Brasília, com entradas a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). As entradas devem ser adquiridas na bilheteria do CCBB-Brasília a partir do dia 27 de dezembro, ou pelo site ( https://goo.gl/VBechy ). A classificação indicativa é livre para todos os públicos.

Paralelas

Como parte da programação do Musicar – Festival de Música Infantil, em paralelo à programação de shows, acontecem as oficinas, vivências, contação de histórias, mostra de filmes e rodas de conversa. No dia 18 de janeiro, às 9h, o Circo Teatro Udi Grudi (DF) realiza a Oficina de construção de instrumentos musicais. Também às 9h, o grupo Carroça de Mamulengos realiza a Oficina de Cultura Popular, e repetem o trabalho às 14h.

Na sexta, 19, às 9h, Angela Nenzy (RJ) comanda o bate-papo sobre a história do Wilson Moreira. Às 14h e às 17h, é a vez de Tulipa Ruiz (SP), que estreia uma Oficina de Criação Livre para crianças, na qual pretende montar uma “playlist gráfica” a partir de desenhos compostos com trilha sonora pensada pela artista.

No sábado, 20, às 9h, o grupo Pé do Cerrado (DF) realiza a Oficina “Brincadeiras e Cantigas das Antigas”.

Já no domingo, o grupo Pequeno Cidadão (SP) realiza a Oficina “Karaokê Rock’n’roll” em dois horários, às 9h e às 14h, com Taciana Barros e Antonio Pinto. A proposta é levar para o palco do show que a banda faz na seqüência as crianças que participarem da atividade.

Na terça-feira, 23, o grupo Gira Contos (PB) realiza a Oficina literária, às 10h. Na sexta, 26, às 14h, o Patubatê (DF) apresenta a oficina “Patucada Patubatê e o cortejo musical”. No sábado, 27, às 14h, é a vez do Marafreboi (DF) realizar uma oficina para a garotada. A programação de oficinas é encerrada no domingo pela Fada Magrinha (PE), que realiza dois trabalhos (uma oficina percussiva), às 9h e às 13h.

As oficinas do Musicar – Festival Musical Infantil, que serão realizadas no gramado e no Teatro II, têm como objetivo aproximar as crianças dos artistas de forma didática e lúdica, além de estimular elas a criar, tocar, cantar, dançar, escutar e se integrar com todo o universo dos sons e suas múltiplas possibilidades. A classificação é livre para todos os públicos, com entrada franca, mas sujeita à disponibilidade de vagas.

Vivências

Atividade gratuita para crianças de todas as idades, inclusive bebês, as vivências fazem com que a garotada possa se envolver com os sons de forma criativa, experimentando o prazer da liberdade de expressão na música, na dança e no aprendizado criativo. A programação começa no dia 18, com Isadora Canto (SP) e a “Vivência musical para gestantes – Acalanto”, às 15h e às 17h. No sábado, 20, o grupo Ilha da Lua (SP) realiza uma vivência musical em quatro horários, às 10h, às 11h, às 15h e às 16h. No domingo, 21, o Gira Contos (PB) apresenta a “Contação de histórias Afro Brasileiras”, às 10h, às 15h e às 17h. Ainda no domingo, o Grupo Nzinga de Capoeira Angola (DF) realiza uma Roda de capoeira, às 17h. Fechando as vivências do dia, Tião Carvalho e Ana Maria Carvalho (MA) promovem uma Roda de Cultura Popular no gramado, às 19h.

Na quinta-feira, 25, às 10h30 e às 15h, o Grupo Psoas e Pssoinhas (DF) comanda a vivência “Amana – Dança para bebês”. Na sexta, 26, Cristiane Velasco (SP) apresenta “Histórias de Boca”, às 10h30 e às 15h.

No sábado, 27, o projeto Música nas Incubadoras (DF) faz a vivência musical às 9h30 e às 10h30. À tarde, o grupo Brincadeiras Musicais (RJ), de Bebel Nicioli e Marcelo Caldi convidam Gabrielle Vilas, Juliana Maria e Raiane Santana do “Sementes Centro de Educação  Musical” para uma vivência em duas sessões, às 15h e às 16h.

Fechando as vivências do projeto, o domingo, 28, conta com “Panderolê – Musicalização infantil personalizada” em duas sessões, às 10h e às 14h. O encerramento das atividades fica por conta da Excêntrica Família Firula (DF) com uma vivência circense às 13h e às 18h.

A participação nas vivências do Musicar – Festival Musical Infantil serão realizadas no Teatro II e no gramado do CCBB-Brasília. A classificação é livre para todos os públicos, com entrada franca, mas sujeita à disponibilidade de vagas, exceto a Roda de Capoeira, que acontecerá no gramado do CCBB-Brasília e é aberta ao público sem a necessidade de retirada de ingressos.

Cinema e Conversa

Nos dias 24 e 25 de janeiro, às 10h, acontece o Cine Musicar, com mostra de filmes voltados para a infância e a música no Cinema do CCBB-Brasília. Às 15h, também nos dois dias, acontecem as rodas de conversa comandadas pelo Instituto Alana. Na quarta-feira, 24, no Teatro II, o tema será “Prioridade absoluta”, com Guilherme Perisse. Na quinta, 25, a conversa será sobre “Criança e natureza”, com Laís Fleury, na Sala Museu do CCBB-Brasília. A entrada é franca e livre para todos os públicos.

Aberto ao público

Ao longo de todo o período de realização do festival, de terça a domingo, das 9h às 18h, ficarão abertos ao público o Espaço de acolhimento para bebês, Espaço para leitura, Espaço de desenho e a Instalação Sonora, com painéis sonoros interativos compostos pela MT Instrumentos e Marcos China. Além dessas atividades, a Instalação Sonora “Corpo, som, desenho e movimento”, com Tais de Paula e Daniel Pitanga, ficará aberta ao público nos dias 18, 19, 20 e 21, e novamente nos dias 26, 27 e 28, nos seguintes horários: 9h, 11h, 14h30, 16h e 17h30. Uma feirinha de comidas, bebidas e outros produtos voltados à infância, com uma proposta de consumo consciente, também compõe a programação do festival nos dias 18, 19, 20 e 21 e 26, 27 e 28 de janeiro. A participação nessas atividades é livre para todos os públicos com entrada franca.

SERVIÇO

Musicar – Festival de Música Infantil | 2a edição

Espetáculos musicais, vivências, mostra de cinema, oficinas, acolhimentos e rodas de conversa

De 18 a 28 de janeiro de 2018

Local: CCBB-Brasília  – SCES – Setor de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Trecho 02 Lt 22 Edifício Tancredo Neves Lote 22 – Asa Sul, Brasília – DF
Teatro I, Teatro II, Sala do Educativo, Gramado, Cinema e Antigo restaurante

Entrada para espetáculos: R$ 20 (inteira) e R$10 (meia)

Oficinas, vivências, mostra de cinema, rodas de conversa e acolhimentos: Entrada Franca

Classificação: Livre para todos os públicos

Horários e classificação indicativa disponíveis no site www.bb.com.br/cultura e no facebook.com/ccbb.brasilia

Saiba mais sobre o MUSICAR

site www.musicar.art.br | facebook musicarfestival | instagram @musicarfestival

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!