EnglishJapanesePortugueseSpanish

Natação para bebês: procura por atividade aumenta na pandemia


%name Natação para bebês: procura por atividade aumenta na pandemia

Benéfica para os recém-nascidos, prática é uma das mais seguras em relação à COVID-19

Além das altas temperaturas do verão, um outro fator tem aumentado o interesse de pais em colocar seus filhos ainda bebês em aulas de natação. Estudos apontam que o cloro utilizado nas piscinas elimina o coronavírus, o que torna o esporte um dos mais seguros durante a pandemia, além de trazer benefícios para o desenvolvimento dos recém-nascidos.

Pode parecer surpreendente, mas a natação é indicada a partir dos 3 meses de vida.  Ao lembrar o útero materno, o contato com a água relaxa o bebê, previne algumas doenças respiratórias e estimula o seu desenvolvimento físico e mental. E quanto mais cedo começarem as aulas, maior serão os benefícios e menores os riscos dos pequenos se envolverem em acidentes domésticos, como afogamentos.

É o que explica a professora da Academia Raia 10, Leilah Gondim. “Além de desenvolver a coordenação motora, estimulando o processo de aprendizagem de engatinhar e andar, a natação ajudar a manter a rotina fisiológica em ordem, regulando o sono e o apetite do bebê. Emocionalmente, as aulas também fortalecem vínculos afetivos e desenvolvem a autonomia da criança”, ressalta.

Segundo a especialista em natação para bebês e psicomotricidade infantil, apesar de serem gerados em um ambiente líquido na barriga da mãe, os bebês têm pouco reflexo de imersão, comparados a outros mamíferos. “O mecanismo de proteção que bloqueia a glote, e faz com que os bebês prendam a respiração instintivamente, desaparece por volta dos 6 meses de idade”, explica Leilah.

Desde que liberado pelo pediatra, na Raia 10 as turmas de natação aceitam bebês a partir dos 3 meses de idade, sempre acompanhados do pai ou da mãe – que devem entrar na água junto com o filho. Desde a primeira aula, os pais aprendem protocolos e rotinas de segurança aquática, com orientações sobre riscos e como evitá-los. “Os pais aprendem junto com os filhos a terem respeito pela piscina. A supervisão constante é imprescindível para a segurança do bebê”, orienta a especialista.

Ao escolher a academia de natação para colocar o seu filho, os pais devem se atentar também aos produtos utilizados para tratar a água da piscina. Na Raia 10, as piscinas recebem tratamento diferenciado, com sal e ozônio, o que garante um alto grau de purificação da água e minimiza irritações de pele e olhos. Para garantir conforto térmicos aos bebês, a temperatura da piscina também é controlada, em torno de 30 a 32 graus.

Pandemia

Após meses de isolamento e flexibilização de algumas atividades, academias de Brasília já registram aumento da procura por aulas de natação para bebês. Na Aquafan, localizada na 712 Norte, só no mês de janeiro, as novas matrículas foram suficientes para preencher a capacidade máxima atual das turmas. “Muitos pais estão em busca de uma atividade segura para os seus filhos. Dentro da piscina, mesmo mantendo o distanciamento necessário, os bebês conseguem brincar e interagir. Já estamos avaliando a abertura de horários para atender a demanda reprimida”, afirma o coordenador técnico da Aquafan, Rafael Correa da Rocha.

Para o técnico de natação e sócio-fundador da academia Raia 10, Renato Dourado Lacerda, a perda de matrículas no início da pandemia também vem sendo compensada pela entrada de novos alunos. “Nos últimos meses, tivemos muita procura por aulas de natação para adultos. Além da busca dos benefícios do esporte para a saúde, percebemos que muitos alunos procuram um ambiente mais seguro que as academias de ginástica”, afirma Dourado.

Em relação às medidas preventivas contra a COVID-19, tanto a Raia 10 quanto à Aquafan adaptaram as suas atividades, seguindo os protocolos recomendados pela Associação Brasileira de Academias (Acad) e do Sindicato das Academias do DF (Sindac). Entre os cuidados estão diminuição do números de alunos por turma, uso de máscara de acrílico pelos professores e a higienização de todos os materiais pedagógicos antes e após cada aula.

Para garantir a segurança dentro e fora da água, a Aquafan também passou por reformas: um portão exclusivo para a saída de alunos foi construído, para evitar o contato entre eles na entrada da academia. Outro diferencial da academia é o pé direito elevado nas áreas das piscinas, que garante maior circulação do ar.  Além disso, duas vezes ao dia, todos os ambientes da academia passam por nebulização com quaternário de amônio, mesma substância utilizada para desinfecção de hospitais.

Site: www.aquafan.com.br

End: SHCGN 712, conj. A

Tel: (61) 3447-7405 | (61) 98625-0465

Site: https://raia10.com.br/

End: 610 SUL, LOTE 70

Tel: (61) 3244-4146

Fonte: Brasil Comunicação

Fotos: Academia Raia 10/ Divulgação

Por: visitebrasilia
Data: 03/02/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!