EnglishJapanesePortugueseSpanish
12.01.2021

O lado rosa da força

%name O lado rosa da força

Olá queridos leitores.

Nossa jornada pelo cerrado será um passeio planejado, cheio de sabores, aromas e conhecimentos que visam a valorização, pertencimento e orgulho de fazer parte desta maravilhosa terra. Para que possamos ficar mais próximo e atentos às possibilidades que existem e entendermos a riqueza de onde moramos, usarei o guia de coleta do meu querido amigo, Dr. Marcelo Kuhlman, um dos maiores especialistas em cerrado e que faz há mais de 15 anos um trabalho de inestimável valor, catalogando os frutos do cerrado e disponibilizando em forma de livro. O fruto que quero despertar o desejo em você hoje é a Pimenta-rosa.

A pimenta-rosa (Schinus terebinthifolia) é o fruto de uma espécie de Aroeira e é facilmente encontrada em todo o cerrado. A Aroeira não é um símbolo de resistência por acaso. Muitas de suas variedades são usadas como postes para as cercas das fazendas e para a fabricação de móveis, desde que legalizada, pois é uma madeira de lei. Sua versatilidade fez com que se adaptasse muto bem ao clima e terreno da Ásia tropical, sendo muito apreciada por lá. É essa exportação de matrizes que tornam a nossa obrigação de conhecer, defender e valorizar nossos frutos, imperativo. Já ouvi muita gente comentando que a pimenta-rosa é fruto da culinária oriental, mas não é. Da próxima vez que comer esse fruto compondo pratos de outras gastronomias, orgulhe-se de saber que aquele sabor singular é da mesma terra que você faz parte. E se ainda não comeu, vou falar um pouco mais sobre ela.

Por mais que receba o nome de pimenta, a pimenta-rosa não é um fruto picante, muito pelo contrário, é de sabor adocicado e marcante. Seu aroma é bem clássico de especiarias, apesar de ser singular, e segue uma linha floral, lembrando de longe a água de rosas, bastante utilizada na culinária árabe. Além dos proveitos culinários possui propriedades anti-inflamatórias poderosas, fazendo com que seja também um alimento funcional.

Agora que já apresentamos formalmente o fruto, convido você a experimentar essa iguaria do cerrado, e vou dar aqui algumas sugestões dos usos que já fiz com ele e seus resultados. Particularmente gosto de fazer molhos com a pimenta-rosa pois dessa forma preservamos um pouco mais dos óleos presentes no fruto, o que trará um sabor marcante e presente. Um dos meus molhos mais famosos é o de buriti e pimenta-rosa. No meu instagram você pode ver o passo a passo da receita. Não há chance de a pimenta-rosa passar despercebida onde quer que seja aplicada. Em drinks, combine a pimenta-rosa com Aperol e frutas vermelhas e veja como o sabor fica incrível! Para as pessoas que gostam de se aventurar no mundo da confeitaria, experimente colocar um pouco de pimenta rosa no chocolate branco (ok, sabemos que não é chocolate, é só manteiga de cacau e leite, mas é assim que conhecemos no mercado, não é mesmo?). Você vai perceber que além de conferir uma aparência muito elegante, com flocos rosas dentro do chocolate, vai trazer um perfume muito atraente para a preparação, sendo uma excelente opção de sobremesa para um jantar romântico ou até mesmo um ovo de páscoa caseiro para seu amor.

Por mais que pareça estranho, por onde quer que ande aqui em Brasília você encontra com certa facilidade a pimenta rosa, inclusive nos gramados centrais da cidade, por onde passam dezenas de milhares de carros todos os dias. Disponível quase o ano inteiro, principalmente durante o primeiro semestre, é um dos poucos sabores do cerrado que você encontra à venda no mercado, por mais que existam mais de mil frutos comestíveis no nosso cerradão. Ceasa, feira do Guará e de Vicente pires são alguns dos lugares que você encontra o produto para venda. Caso queira se aventurar e colher ele orgânico e fresco, no parque da cidade, parque do guará, cidade o automóvel, UNB, torre de tv digital e olhos d’água são alguns dos locais que já vi (nesse caso vale lembrar que só devemos pegar pouca quantidade e deixar para a fauna também se alimentar).

Agregue a pimenta rosa ao dia a dia dos seus pratos e vamos torna-la um patrimônio gastronômico da nossa terra. Ouse, invente, crie e ajuste. Faça acontecer pois essa é uma especiaria extremamente versátil e que nos representa muito bem. Em breve, chef Edilson e eu faremos um evento de lançamento do mais novo restaurante de Brasília, lá você vai poder experimentar algumas dessas receitas.

Acompanhe o portal Visite Brasília para saber mais detalhes sobre esse lançamento e também me siga no Instagram.

Até a próxima semana com mais sabores delicioso da nossa terra. Abraço e

ótima semana!

%name O lado rosa da força %name O lado rosa da força %name O lado rosa da força

 

 

 

 

 

 

Cerrado Gastronômico com o Chef Vinícius Rossignoli


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!