EnglishJapanesePortugueseSpanish
12.10.2019

PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO

A PARTEIRA 1024x576 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO

Em sua terceira edição, Festival de Cinema do Paranoá contará com oficinas, rodas de debates, mostras e exibirá 62 filmes na região. De 21 a 27 de outubro. Entrada gratuita.

A cidade do Paranoá completa 62 anos no dia 25 de outubro. E a celebração será com muito cinema. A população do Paranoá e de todo o Distrito Federal pode se preparar para ter acesso à 7ª sétima arte, de graça. Em sua terceira edição, o Festival de Cinema do Paranoá ocupará espaços da cidade, as escolas da região administrativa e o Centro de Desenvolvimento e Cultura do Paranoá e Itapõa – CEDEP (Qd 9 Conjunto D Área Especial 1) – o grande palco do evento – de 21 a 27 de outubro de 2019. Entrada gratuita. Livre para todos os públicos.
De 375 filmes inscritos, a curadoria selecionou 62 produções de até 20 minutos que serão exibidas na telona montada no CEDEP. No total, serão 19 curtas-metragens do Distrito Federal e Entorno e 43 representando todo o Brasil. As mostras competitivas acontecerão de 24 a 26 de outubro, a partir das 16h30, no local. A premiação será no dia 27 do mês, a partir das 19h30, também no CEDEP. A curadoria do festival é formada pela professora Edileuza Penha, pelo professor Roberto Medina e pelo idealizador do festival, Januário Jr. Os filmes selecionados e a programação completa poderão ser acessados em: http://festcineparanoa.com.br.
Animações, documentários, filmes experimentais, ficção. Quem passar pelo Paranoá em outubro, poderá assistir histórias sensíveis, além de debates que promoverão a interação. Fundado em 2016 como mostra, o Festival do Paranoá cresce em 2019 e reafirma sua identidade. Uma identidade que visa à inclusão de pessoas com deficiência, de pessoas em situação de rua, o protagonismo feminino e também das minorias. Para este ano, a temática dos filmes vai girar em torno do Protagonismo e Diálogos Horizontais.
“Não foi tarefa fácil selecionar poucos de tantos filmes. Emoção, sofreguidão, encontros, desilusões, afetos, medos, sonhos e esperanças. O 3º Festival de Cinema do Paranoá 2019 chega lamentando a situação difícil do país e do cinema nos dias atuais. Mas, ao mesmo tempo, aconchega demarcando a sétima arte como espaço de compromissos com uma sociedade melhor, mais igualitária e fraterna. Um cinema que não abre mão da democracia e de todos os laços que a moldam e a fortalecem”, destaca a curadoria.
E é com este propósito democrático que o FestCineParanoá apresentará um conjunto de filmes cujo protagonismo é o pacto com um cinema que busca na ficção documentar territórios e territorialidades da diversidade que teima que gênero, raça e sexualidade não são apenas conceitos, mas sim a arte e técnica de construir imagens em movimento.
A programação contará com Mostra Competitiva Nacional, Mostra Competitiva Distrital e Cidades do Entorno do DF, Mostra Interativa para Surdos, Mostra Universitária e Mostra Estudantil Distrital e Cidades do Entorno do DF. Haverá troféus e prêmios em dinheiro para os vencedores.

A 3ª edição do festival é uma realização da Oitava Arte Produções com recursos do FAC – Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, com vários apoios e parcerias de instituições e empresas da cidade e do DF.

Reconhecimento e curiosidades–

O Festival de Cinema do Paranoá foi reconhecido como projeto de extensão da Faculdade de Comunicação da UnB – Universidade de Brasília. Ao todo, 25 alunos da disciplina Extensão e Comunicação da Universidade, orientados pelos professores Rose May Carneiro e Elton Bruno Pinheiro, participarão como monitores de todas as atividades do evento.

Confira lista dos filmes selecionados:

● A Guitarra e o Plebeu | Documentário | Breno Soares | 19 min | Rio de Janeiro – RJ
● A parteira | Documentário | Catarina Doolan | 20 min | Natal e São Gonçalo do Amarante – RN
● Acesso a blue line | Experimental | Daniel Torres | 1 min | São Paulo – SP
● Arte a Metro | Documentário | Thiago Magalhães | 14 min | Rio de Janeiro – RJ
● Barbas de Molho | Animação | Eduardo Padrão e Leanndro Amorim | 11 min | Recife – PE
● Boi | Animação | Lucas Bettim e Renan Carvalho | 13 min | São Paulo -SP
● Bolha | Animação | Mateus Alves | 15 min | Recife – PE
● Dôniara | Ficção | Kaco Olimpio | 17 min | Goiânia – GO
● Enraizada | Documentário | Tiago Delácio | 08 min | Recife – PE
● Entremarés | Documentário | Anna Andrade | 20 min | Recife PE
● Geni | Ficção | Cecilia Engels | 15 min | São Paulo – SP
● Imagens de um Sonho | Documentário | Leandro Olimpio | 20 min | Santos – SP
● Interrogação (ou Psicopata Legalizado) | Animação | Moisés Pantolfi | 01 min | Guarulhos – SP
● Macaco albino: Siso | Animação | Leandro Robles | 6 min | São Paulo – SP
● Mauro | Ficção | João Gabriel Caffarelli | 17 min | Brasília – DF
● Megg – A Margem que Migra para o Centro | Documentário | Larissa Nepomuceno, Eduardo Sanches | 15 min | Curitiba – PR
● Número um | Ficção | Marcela Akaoui | 17 min | Santos – SP
● O calendário | Ficção | Val Rocha | 16 min | Salto – SP
● O grande amor de um lobo | Documentário | Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa | 12 min | São Miguel do Gostoso – RN
● Onze minutos | Ficção | Hilda Lopes Pontes | 17 min | Salvador – BA
● Outra etapa | Documentário | Rachel Hidalgo | 15 min | São Vicente – SP
● Piu piu | Documentário | Alexandre Figueirôa | 16 min | Recife – PE
● Prefiro não ser identificada | Experimental | Juliana Muniz | 20 min | Rio de Janeiro – RJ
● Quando a Chuva Vem? | Animação | Jefferson Batista | 08 min | Carpina – PE
● Raskolnikov | Animação | Moisés Pantolfi | 01 min | Guarulhos – SP
● Santa | Ficção | Marco Andrade | 18 min | Cataguases – MG
● Santinhos | Experimental | Melquior Brito e Rosana Borges Silva | 9 min | São Paulo -SP
● Sopro | Experimental | Saulo Pinheiro | 04 min | Rio de Janeiro – RJ
● Tempo | Ficção | Victor Uchôa | 15 min | Salvador – BA
● Um Café e Quatro Segundos | Ficção | Cristiano Requião | 15 min | Rio de Janeiro – RJ
● Vestido de Azul | Ficção | Diany de Jesus | 18 min | Santos – SP
● Vidas cinzas | Documentário | Leonardo Martinelli | 15 min | Rio de Janeiro – RJ
________________________________________
● A Incrível Máquina Inútil | Ficção | Bárbara Sant’anna | 6 min | Arniqueiras – DF
● A Praga do Cinema Brasileiro | Ficção | William Alves e Zefel Coff | 19 min | Taguatinga – DF
● Cão Maior | Ficção | Filipe Alves | 20 min | Brasília – DF
● De Mim Para Você | Ficção | Rodrigo Peres | 15 min | Brasília – DF
● Dona Zefinha – 93 Anos de Caminhada | Documentário | Cícero Fraga e Alan Schvarsberg | 3 min | Paranoá – DF
● Escola Sem Sentido | Ficção | Thiago Foresti | 16 min | Brasília
● Estranho Animal | Experimental | Arthur B. Senra | 5 min | Brasília/DF e Belo Horizonte/MG
● Imery Xuatibâ Adopâdobâry / Meu Filho Perdido Voltou | Ficção | Leticia Amorin | 17 min | Aldeia Canaã / Mato Grosso / Brasília – DF
● Martinha do Coco – Caminhos do Paranoá | Documentário | Cícero Fraga e Alan Schvarsberg | 3 min | Paranoá – DF
● Paredes Clandestinas | Ficção | Ana Carolina Nicolau | 15 min | Sobradinho – DF
● Riscados Pela Memória | Ficção | Alex Vidigal | 20 min | Brasília – DF
________________________________________
● Broto | Ficção | Antonio Teicher | 19 min | Rio de Janeiro – RJ
● Que Som Tem A Distância? | Documentário | Marcela Schild | 15 min | Santa Cruz do Sul – RS
● Rebento | Ficção | Vinicius Eliziario | 17 min | Salvador – BA
● Clepto | Ficção | ANE HINDS | 18 min | Rio de Janeiro – RJ
● Presa | Ficção | Letícia Kamiguchi | 19 min | São Paulo – SP
● Permutável | Documentário | Renan Távora Soares | 15 min | Minas Gerais
● Sou Pietra | Documentário | Eric Patrick Rizzini e Nicole Zadorestki Caroti | 16 min | Santos – SP
● Corpos Vermelhos | Ficção | Lucas Sampaio | 20 min | São Paulo – Diadema
● O Cinema Que Não Se Vê | Documentário | Erik Ely | 8 min | Goiânia – GO
________________________________________
● Alguém na Janela | Experimental | Aksa Lima | 04 min | São Paulo – SP
● Lily’s hair | Ficção | Raphael Gustavo da Silva | 15 min | Goiânia – GO
● Sinal vermelho: A arte de rua pede passagem | Documentário | Cariolando dos Santos | 20 min | Aracaju – SE
________________________________________
● A Casa Assombrada de Amélio Pontes | Ficção | Danyel Ramos Galvão | 07 min | Distrito Federal – Asa Norte.
● A Reunião | Ficção | Pedro Miguel | 04 min | Gama – DF
● A Turma da Limpeza | Ficção | Sofia Garcia | 06 min | Valparaiso de Goias – GO
● Bill Cova Rasa | Ficção | Pedro Igor E Pedro Victor | 05 min | Planaltina – DF
● Chocolate | Ficção | Leandro Silva (Nome Artístico: Leandro Salu) | 05 min | Planaltina – DF
● O Jogo do Ensino | Ficção | Direção Coletiva | 04 min | Brasília – CEF 01 Paranoá

Sobre o Festival de Cinema do Paranoá
Criado em 2016, na época como mostra, o hoje Festival de Cinema do Paranoá é uma janela de fortalecimento da diversidade, um ambiente onde há partilha de saberes, culturas e valores que promovem a integração de diferentes manifestações e linguagens artísticas. Tudo isto a partir do cinema de curtas-metragens do Paranoá, distritais e nacionais. Explorando novas dimensões e criando sinergias capazes de projetar vozes e reafirmar o protagonismo das legítimas narrativas dos movimentos de periferia, o festival abre espaço também para o aprendizado, intercâmbios e reflexões críticas, visando a construção de uma sociedade plural capaz de transformar vidas e mentalidades.
Programação completa na Página do Facebook e Instagram do Festival https://www.facebook.com/FestCineParanoa/ @FestCineParanoa
e no site oficial: http://festcineparanoa.com.br

Sobre o Paranoá –
A cidade do Paranoá completa 62 anos no dia 25 de outubro. A região nasceu com a chegada dos primeiros pioneiros, para a obra da Barragem do Lago Paranoá. Em 1957, foi inaugurada a Vila Paranoá, que abrigou os operários. Após a inauguração da nova capital, em 1960, esses pioneiros permaneceram na cidade para a conclusão das obras da usina. A região administrativa do Paranoá foi criada em 1989, abrigando trabalhadores da região. Atualmente, Paranoá é uma das mais importantes cidades de Brasília.

Serviço
3ª edição do Festival de Cinema do Paranoá
De 21 a 27 de outubro
Local: Escolas, ruas e no Centro de Desenvolvimento e Cultura do Paranoá CEDEP (Qd 9 Conjunto D)
Entrada gratuita
Informações: http://festcineparanoa.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/FestCineParanoa/ – @FestCineParanoa
Instagram: @FestCineParanoa

Onze minutos 150x150 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO Festival de Cinema do Paranoá 150x150 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO EstranhoAnimal StrangeAnimal 04 150x150 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO A praga do cinema brasileiro 300 dpi caveira 1 NOVA 6 150x150 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO A PARTEIRA 150x150 PARANOÁ VAI RESPIRAR CINEMA EM OUTUBRO


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!