EnglishJapanesePortugueseSpanish
09.09.2020

“Pensando Oscarmente”: iniciativa oferece exposição online e cinco oficinas de capacitação em gestão cultural

São Francisco paulo ataide cavalcante “Pensando Oscarmente”: iniciativa oferece exposição online e cinco oficinas de capacitação em gestão cultural

Em meio às comemorações do aniversário de JK, projeto celebra 60 anos de Brasília com homenagem a Niemeyer

Ícone do Modernismo, Brasília completa 60 anos se reinventando. Com a pandemia de Covid-19, as celebrações do aniversário da Capital Federal, que ocorreu em 21 de abril, tiveram que adotar um novo formato e, agora, podem ser desfrutadas virtualmente. A partir de 08 de setembro, o público vai poder conferir – online – a exposição de artes visuais “Pensando Oscarmente”, do mestre artesão e artista plástico, Paulo Ataíde Cavalcanti, e ainda fazer uma visita virtual pelo Museu do Catetinho, primeira residência presidencial da nova capital.

A mostra faz parte do projeto “Pensando Oscarmente – Oficinas de Gestão Cultural”, que vai homenagear o mestre da arquitetura Oscar Niemeyer. A iniciativa, apresentada pela Agenda Cultural Brasília, também ocorre durante as atividades do Setembro Cívico – Juscelino para Sempre, que marca o aniversário de Juscelino Kubitschek, comemorado em 12 de setembro, e reconhece os feitos do presidente dos anos dourados.

O projeto oferece ainda, de 14 a 30 de setembro, cinco workshops de capacitação para gestores, produtores, artistas e técnicos do cenário artístico-cultural local. Os encontros serão realizados online, por meio do aplicativo Zoom. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas a partir do dia 08 de setembro, pelo formulário disponível no site do projeto. As vagas são limitadas e 20% serão reservadas para pessoas com deficiência e comunidade LGBTQI+

Visita virtual – Inicialmente, a exposição seria realizada no Museu do Catetinho, primeira residência do presidente Juscelino Kubitschek no Distrito Federal, como forma de ocupação dos espaços culturais da cidade. Entretanto, com as medidas de distanciamento social para conter a pandemia do novo coronavírus, a ação foi adaptada para ocorrer de forma online.

Através do site www.agendaculturalbrasilia.art.br/brasilia60catetinho, o público poderá acessar as obras de Paulo Ataíde Cavalcanti, criadas com a técnica de “Eco-Arte”. Em seu trabalho, ele explora os traços da arquitetura de Niemeyer, a partir de matéria prima orgânica e reciclável como papelão reaproveitado e talo de Buriti. Os textos que acompanham as obras são do jornalista Leonardo Feijão.

Para proporcionar uma experiência completa ao visitante, foi desenvolvida por Isabelle Cavalcante – “Tune Arquitetura” uma maquete virtual em 3D do Museu do Catetinho, com a projeção de como seria a exposição presencial. A trilha sonora é de Glauco Maciel, do departamento de Artes da Universidade de Brasília.

Também estará disponível uma visita virtual pelo Museu do Catetinho, via satélite. Conhecido como Palácio de Tábuas, ele foi construído em apenas dez dias para abrigar o presidente JK, que acompanhava de perto o nascimento da nova Capital. O local recebeu visitas ilustres ao longo de sua história. Entre elas, os compositores Tom Jobim e Vinícius de Moraes, que se inspiraram na nascente de água próxima ao palácio para criar a canção “Água de Beber”.

Oficinas – Para estimular a produção cultural no Distrito Federal, o projeto vai oferecer cinco workshops de 4h cada: Elaboração criativa; e Gestão e Prestação de contas de projetos culturais, ministradas por Marcelo Fonteles, gestor cultural, parecerista de cultura e ex-gerente de prestação de contas do FAC/DF;  Produção Cultural de pequenos e grandes projetos, com Luana Ribeiro, Mestra em Políticas Culturais e Projetos Sociais pela FGV e Professora da Universidade Aberta do Brasil; Assessoria de Imprensa e comunicação para projetos culturais, com a jornalista Bárbara de Alencar; Acessibilidade em projetos culturais, ministrada por Bárbara Barbosa, ex-gerente de diversidade cultural do Secult/DF.

“Pensando Oscarmente – Oficinas de Gestão Cultural” conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

Serviço
“Pensando Oscarmente – Oficinas de Gestão Cultural”
Quando: Exposição – a partir de 8 de setembro | Oficinas – inscrições a partir de 08 de setembro. | Aulas:
Onde: www.agendaculturalbrasilia.art.br/bsb60catetinho | Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScG_cJ15JklfsTvt9VHB2jinfMTAU26qpkO0rESbIfP2gKe8g/viewform
Quanto: Gratuito.

Fonte :Bárbara de Alencar

Notícias do Congresso paulo ataide cavalcante 150x150 “Pensando Oscarmente”: iniciativa oferece exposição online e cinco oficinas de capacitação em gestão cultural São Francisco paulo ataide cavalcante 150x150 “Pensando Oscarmente”: iniciativa oferece exposição online e cinco oficinas de capacitação em gestão cultural

Cidade
Data
Adultos
Crianças
Bebês

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!