EnglishJapanesePortugueseSpanish

Poetas e músicos do DF fazem primeiro sarau da BDB Cultural


• O primeiro grupo de artistas a ser recebido no espaço físico da BDB vai gravar uma apresentação do “Sarau Nos Bastidores” que será transmitida dia 29. • Sob a coordenação do poeta Mauro Rocha, artistas se revezam no palco a partir das 19h e o público acompanha de casa pelas redes da BDB Cultural […]




• O primeiro grupo de artistas a ser recebido no espaço físico da BDB vai gravar uma apresentação do “Sarau Nos Bastidores” que será transmitida dia 29.

• Sob a coordenação do poeta Mauro Rocha, artistas se revezam no palco a partir das 19h e o público acompanha de casa pelas redes da BDB Cultural

Ao longo dos próximos 15 meses, a BDB Cultural receberá três “Saraus BDB” em sua programação. O primeiro deles, o “Sarau Nos Bastidores”, será realizado já neste janeiro de reestreia com transmissão no dia 29, sexta-feira, às 19h. Esta será uma edição on-line disponibilizada nas redes sociais da BDB Cultural. Os artista ficarão online e interagirão aos comentários feitos a eles.

https://www.youtube.com/channel/UCDKEJjxob9YrWy0B7isNeaA, https://www.instagram.com/bdbcultural/ e https://www.facebook.com/bdbcultural.

A BDB Cultural é uma iniciativa do governo federal, por meio do Ministério do Turismo, em parceria com a Biblioteca Demonstrativa do Brasil Maria da Conceição Moreira Salles (BDB) e, por meio de um termo de colaboração, com a organização social Voar Arte para a Infância e Juventude.

Um retorno a casa

Sob coordenação do poeta Mauro Rocha, o “Sarau nos Bastidores” será uma oportunidade singular para os artistas que se apresentarão em um palco montado no interior da BDB. A ocasião é valiosa por marcar a primeira vez que um grupo de artistas é convidado para entrar na biblioteca desde o fechamento para as obras, ocorrido em 2014.

Os artistas serão recebidos, claro, respeitando todas as medidas sanitárias recomendadas para a prevenção da Covid-19, mas marcando uma possibilidade de reencontro deles com este equipamento cultural. Por conta da pandemia do coronavírus, o público não poderá acompanhar de perto a apresentação. “Ainda em 2021, porém, a plateia e os artistas devem voltar a se reunir no interior da BDB”, prevê o coordenador da Demonstrativa, Sebastião Lima Filho.

O poeta Mauro Rocha, que organizará a apresentação, afirma que este é um momento histórico para os escritores, cantores e músicos convidados. “A Demonstrativa é vital, um dos locais mais frequentados e conhecidos de DF no ponto de vista da literatura. Vai ser minha primeira visita depois de tanto tempo. Sei que encontrarei tudo lindo e maravilhoso para que seja devolvido à comunidade das artes não só um lugar de estudo, mas um organismo vivo, de convivência”, diz ele.

“É uma emoção muito grande coordenar este sarau. Vamos mesclar escritores e músicos da cidade [Brasília] e fortalecer a cena local que também é importante para todo o Brasil. Temos uma cultura forte no DF e de referência”, completa o poeta que é também é membro fundador da Academia Cruzeirense de Letras e que comanda o canal “Nos Bastidores” (You Tube), em que entrevista artistas.

Os artistas convidados por Mauro também falaram sobre a honra de estarem nesta reabertura e neste reencontro da BDB com a comunidade cultural. Com elogios e ansiedade por retornar à BDB, participam deste sarau os poetas e escritores Vanderlei Costa, Nilva Souza e Edimar Silva; os músicos Felippe Rodrigues e Beto Cardoso, este se apresentando junto com o cantor Joel de Oliveira; e os cantores Milsinho e Salomão di Pádua — isso, claro, em um resumo em apenas uma palavra da versatilidade de cada um dos convidados. Confira a lista com frases dos convidados abaixo no intertítulo “falas dos artistas”.

A biblioteca se abre para a literatura das ruas

A oportunidade de receber os artistas dentro da BDB com um sarau é comemorada pelo coordenador-geral da BDB Cultural, Marcos Linhares. “A programação que imaginamos para os próximos 15 meses quer fazer este espaço alcançar voos altos. Por isso, a programação de abertura da BDB Cultural quis receber uma manifestação literária que nasceu nas ruas e que agora ganha a chancela, o apoio de um espaço de leitura de tradição e que foi criado para ser uma referência para outras bibliotecas”, afirma.

“Já fiz sarau em diversos espaços, do refinamento do Clube do Choro até a porta de supermercado. O sarau é uma experiência literária inusitada e aberta que aproxima o público. Acho fundamental mostrar que a biblioteca não é só um lugar de silêncio, mas de convivência, de dinamismo. Trazer a cultura para quem às vezes até esquece que tem um mundo lá fora, um pouco de arte, de vida”, conclui Mauro Rocha.

Falas dos artistas

“O sentimento é de alegria, por estar ao lado de artistas que admiro. É incalculável a importância da reabertura da biblioteca, espaço este que fomenta a leitura, um bem público acessível e de grande relevância para a cultura de Brasília” – Vanderlei Costa, escritor.

“Um sentimento de gratidão imenso e a sensação de um carinho na alma com essa retomada. Como poeta, fico imensamente feliz pelo espaço dado para a poesia nessa retomada e a abertura do espaço é um ganho imensurável para a cultura brasiliense.” – Nilva Souza, poeta.

“É de suma importância para a cultura nacional a rebertura da BDB. Para mim, músico e escritor, é significativo. Ficamos muito felizes de retornar a este espaço, que já era um espaço que deveria ter voltado há muito tempo. É um espaço impar para nossa sociedade, para a pesquisa, o estudo, a cultura. O sentimento é de felicidade e de gratidão total para nós.” – Milsinho, cantor.

“É uma satisfação muito grande participar deste momento impar, a reabertura deste grande espaço, que recebeu grandes eventos. Me orgulha muito ter sido um dos convidados do Mauro Rocha para fazer parte desse momento. Esperamos que passe essa pandemia logo para reconectar com o público, mas essa reabertura já é um grande sinal. Tenho a honra de levar meu violão e minha música para junto deste seleto grupo de convidados.” – Beto Cardoso, músico.

“Me sinto honrado por participar dessa programação, porque ela marca o retorno às atividades de uma instituição importante como a biblioteca. Agradeço pelo convite, pela oportunidade de mostrar minha poesia e desejo vida longa a essa casa e à cultura brasileira.” – Edimar Silva, poeta.

“É um grande prazer poder participar desse projeto maravilhoso, em um lugar que durante anos esperamos ansiosamente o retorno das suas atividades. A BDB vem com tudo e abraçada por amantes
da literatura e da arte. Estou grato pelo convite do amigo escritor Mauro Rocha para esse belo sarau.” – Felippe Rodrigues, músico.

“Me sinto honrado em participar da reinauguração da BDB. Um dos espaços culturais mais importantes na minha vida artística, durante a gestão da nossa saudosa amiga Maria da Conceição Moreira Salles. Me dá um sentimento de saudade e de alegria saber que toda espera valeu a pena. A BDB faz parte da história cultural de Brasília. O longo período no qual ficou em obras nos deu uma sensação de luto, e agora, como que renascida nos traz esperança de mantermos para sempre um espaço tão importante.” – Salomão di Pádua, cantor.

Serviço:

Sarau BDB Cultural – Janeiro de 2021

“Sarau nos Bastidores” – apresentação eletrônica sob coordenação do poeta Mauro Rocha. Com apresentações de Vanderlei Costa, Edimar Silva, Felippe Rodrigues, Salomão di Pádua, Nilva Souza, Beto Cardoso, Joel de Oliveira e Milsinho.

29/01 – Transmissão no YouTube e no Facebook, às 19h, de graça.

Outras informações:

Facebook.com/bdbcultural
Instagram – @bdbcultural

Fonte: BDB Cultural
Foto:  Divulgação

Por: visitebrasilia
Data: 22/01/2021

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!