EnglishJapanesePortugueseSpanish

PROGRAMA CCBB EDUCATIVO – ARTE E EDUCAÇÃO – JANEIRO

Por:
Data: 25.01.2021

ccbb 1 1024x767 PROGRAMA CCBB EDUCATIVO – ARTE E EDUCAÇÃO JANEIRO

(Programação e 25/01 a 31/01)

O CCBB Educativo entra a última semana de janeiro com atividades para grupos diversos. In loco, o Lugar de Criação propõe a dinâmica Oficiana de Artes, com exercícios de experimentação de materiais, sons e movimentos em processos artísticos voltados à criação de imagens e Visitas Mediadas e Visitas Mediadas com Libras à  exposição “Acervos do Brasil”, do Museu Banco do Brasil. Digitalmente, Giulia Vilela Giovani revela e comenta a obra de IVAN SERPA (Com a Palavra-Digital) e  Ricardo Mehedff fala sobre o seu trabalho em “A Produção de Trailer no Cinema” (Processos Compartilhados-Digital).

Sobre o CCBB Educativo

Mensalmente, o CCBB Educativo – Arte & Educação oferece visitas educativas, cursos, oficinas, encontros e práticas culturais. As atividades dialogam com a programação do CCBB e destinam-se a todos os públicos, com ações inclusivas e afirmativas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não-governamentais, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, cultura e interessados.

Neste momento, em que protocolos especiais de visita e permanência são necessários para a segurança de todos, frente ao COVID 19, as atividades presenciais têm número de participantes reduzidos e regras para agendamento/participação. Por outro lado, a programação digital traz uma nova abrangência, possibilitando acesso de públicos de todo o território nacional.

Programação completa no site: www.ccbbeducativo.com

PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL

LUGAR DE CRIAÇÃO

Atividades artísticas de criação e mediação cultural visando o convívio e o diálogo com as artes e temáticas atuais, em vivências que acolhem crianças, jovens e adultos.

30/01- Oficina de Artes

Exercícios de experimentação de materiais, sons e movimentos em processos artísticos voltados à criação de imagens.

Às 15h00

Duração: 1h

Classificação indicativa: a partir de 3 anos

Capacidade: 4 grupos (núcleos familiares)  de até 6 pessoas cada.

Ingressos gratuitos: serão disponibilizados no site eventim.com.br ou em www.ccbbeducativo.com, a partir das 9h do dia da atividade.

VISITAS MEDIADAS EM JANEIRO

Visitas à exposição permanente “Acervos do Brasil”, do Museu Banco do Brasil e ao Centro Cultural Banco do Brasil Brasília. O público pode escolher entre três propostas de visitas em diferentes dias e  horários.

Todos os roteiros têm duração prevista entre 40 e 60 minutos.

Capacidade: 6 pessoas (mediante agendamento prévio pela internet, www.ccbbeducativo.com )

Classificação indicativa:  a partir de 5 anos.

Visita 1: qua, qui, sab, dom – 12h

O Centro Cultural Banco do Brasil e a cidade de Brasília

Um percurso para conhecer a história do CCBB em Brasília, explorando aspectos do Modernismo brasileiro, a arquitetura e paisagismo de suas instalações em diálogo com a cidade, em contato com artistas e obras que integram seus espaços que constituem um importante patrimônio das artes e cultura no país.

Visita 2: ter 12h / ter, qua, sex 18h

Percursos da história do Brasil no Museu do CCBB

Visita que percorre as exposições do Museu Banco do Brasil no CCBB Brasília, abordando a trajetória do Brasil a partir da história do Banco do Brasil, destacando personalidades e objetos de seu rico acervo de arte e cultura nacional que atravessaram séculos até os dias atuais.

Visita 3: sex 12h / qui (libras), sab (libras), dom 18h

Arte Brasileira no acervo do CCBB Brasília

Conversas sobre Arte Brasileira no Acervo do CCBB, explorando pinturas, gravuras, desenhos,esculturas, fotografias e objetos, com destaques para a produção de artistas de todo o país, como Caribé, Tomie Ohtake, Athos Bulcão, Anita Malfatti, Maria Bonomi e outros.

PROGRAMAÇÃO ONLINE

26/01- COM A PALAVRA (Digital) – IVAN SERPA com Giulia Vilela Giovani 

Às 10h (lançamento)

Classificação indicativa: a partir de 10 anos

Local: redes do CCBB e site do CCBB Educativo

Visitas para o público espontâneo, realizadas por especialistas ou profissionais referências em temas diversos, a cada nova exposição. Aborda a exposição a partir de outros campos, olhares, modos de conhecer e de se relacionar com a arte.

Sobre a convidada: Giulia Giovani é professora do curso de “Conservação – Restauração de Bens Culturais Móveis” da Escola de Belas Artes da UFMG e Doutoranda em Patrimônio Cultural pela Escola de Belas Artes da UFMG.

28/01–PROCESSOS COMPARTILHADOS (Digital) – “A Produção de Trailer no Cinema”, com Ricardo Mehedff

Às 14 horas

Duração: 4h

Capacidade: 100 vagas

Classificação indicativa: a partir de 16 anos

Acesso: Evento gratuito. Link para inscrição no www.ccbbeducativo.com

Voltado para formação de artistas, educadores, críticos, produtores, curadores e demais profissionais do campo da arte e da produção cultural, o curso aborda aspectos dos trabalhos de diferentes áreas da indústria cultural. Com o foco nas programações de cada praça como potente espaço de formação profissional, os encontros pretendem evidenciar questões técnicas, logísticas ou teóricas relacionadas, por exemplo, à iluminação, sinalização, assessorias, peças gráficas, concepção e atividades educativas.

Sinopse: O Processos Compartilhado Trailers para Cinema vai investigar as origens dos Trailers desde a década de 1930, como o Trailer evoluiu nos últimos 80 anos, as técnicas usadas para criação e montagem de um Trailer e também um Teaser. Ricardo Mehedff a presentará um pouco sobre sua trajetória nesse ramo, trabalhos realizados em Hollywood e na indústria do cinema brasileiro desde os anos 90.

Sobre o convidado: Ricardo Mehedeff é montador, diretor e produtor graduado em cinema pela The George Washington University, de Washington. Trabalhou por seis anos nos Estados Unidos como editor e produtor de trailers para os estúdios da Fox e Warner Bros. De volta ao Brasil, em 1998, abriu a V. Filmes, que fez o trailer de filmes como Mauá – O imperador e o rei (1999), Amores possíveis (2001), Copacabana, O Xangô de Baker Street (2001), Abril despedaçado (2001), Edifício Master (2002), Madame Satã (2002) e Cidade de Deus (2002). Produziu, roteirizou, montou e participou de vários festivais nacionais e internacionais, como o Festival de Roterdã e Festival de Miami. Também assinou os trailers dos filmes Deus é brasileiro, CarandiruNelson Freire, O homem que copiava, O caminho das nuvens, Narradores de Javé, e Dois filhos de Francisco – A história de Zezé di Camargo e Luciano.

Fonte : Conteúdo Comunicação

Fotos: Divulgação


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!