EnglishJapanesePortugueseSpanish

PROGRAMA CCBB EDUCATIVO – ARTE E EDUCAÇÃO – JANEIRO


ccbb 1024x767 PROGRAMA CCBB EDUCATIVO – ARTE E EDUCAÇÃO JANEIRO

Lugar de Criação, Laboratório de Crítica-Digital, Múltiplo Ancestral-Digital e exposição “Acervos o Brasil” movimentam a semana

Nesta Semana, o CCBB destaca três atividades principais: No Lugar de Criação, para crianças e suas família, tem Oficina de Saberes; no Laboratório de Crítica-Digital, Mariana Souza aborda “O cinema feminino e a escrita crítica de cinema brasileiro”; e no Múltiplo Ancestral-Digital, Fernando Leme e Guilherme Fogagnoli convidam o público para “Dançar, dançar”. O público também poderá conferir, com toda segurança, através das Visitas Mediadas e Visitas Mediadas com Libras, a exposição “Acervos do Brasil”, do Museu Banco do Brasil.

Mensalmente, o CCBB Educativo – Arte & Educação oferece visitas educativas, cursos, oficinas, encontros e práticas culturais. As atividades dialogam com a programação do CCBB e destinam-se a todos os públicos, com ações inclusivas e afirmativas para estreitar as relações com a comunidade escolar, educadores, pessoas com deficiência, famílias, organizações não-governamentais, movimentos sociais, profissionais dos campos da arte, cultura e interessados.

Neste momento, em que protocolos especiais de visita e permanência são necessários para a segurança de todos, frente ao COVID 19, as atividades presenciais têm número de participantes reduzidos e regras para agendamento/participação. Por outro lado, a programação digital traz uma nova abrangência, possibilitando acesso de públicos de todo o território nacional.
Programação completa no site: www.ccbbeducativo.com

ATIVIDADES PRESENCIAIS

LUGAR DE CRIAÇÃO

Atividades artísticas de criação e mediação cultural visando o convívio e o diálogo com as artes e temáticas atuais, em vivências que acolhem crianças, jovens e adultos.
Às 15h00
Duração: 1h
Classificação indicativa: a partir de 3 anos
Capacidade: 4 grupos (núcleos familiares) de até 6 pessoas cada.
Ingressos gratuitos: serão disponibilizados no site eventim.com.br ou em www.ccbbeducativo.com, a partir das 9h do dia da atividade.
16/01 – Oficina de Saberes
Encontros de produção de narrativas a partir dos imaginários culturais dos participantes, em diálogo com a cidade onde vivem e as exposições em cartaz.

VISITAS MEDIADAS EM JANEIRO

Visitas à exposição permanente “Acervos do Brasil”, do Museu Banco do Brasil e ao Centro Cultural Banco do Brasil Brasília. O público pode escolher entre três propostas de visitas em diferentes dias e horários.
Todos os roteiros têm duração prevista entre 40 e 60 minutos.
Capacidade: 6 pessoas (mediante agendamento prévio pela internet, www.ccbbeducativo.com )
Classificação indicativa: a partir de 5 anos.

Visita 1: qua, qui, sab, dom – 12h

O Centro Cultural Banco do Brasil e a cidade de Brasília

Um percurso para conhecer a história do CCBB em Brasília, explorando aspectos do Modernismo brasileiro, a arquitetura e paisagismo de suas instalações em diálogo com a cidade, em contato com artistas e obras que integram seus espaços que constituem um importante patrimônio das artes e cultura no país.

Visita 2: ter 12h / ter, qua, sex 18h

Percursos da história do Brasil no Museu do CCBB

Visita que percorre as exposições do Museu Banco do Brasil no CCBB Brasília, abordando a trajetória do Brasil a partir da história do Banco do Brasil, destacando personalidades e objetos de seu rico acervo de arte e cultura nacional que atravessaram séculos até os dias atuais.

Visita 3: sex 12h / qui (libras), sab (libras), dom 18h

Arte Brasileira no acervo do CCBB Brasília

Conversas sobre Arte Brasileira no Acervo do CCBB, explorando pinturas, gravuras, desenhos,esculturas, fotografias e objetos, com destaques para a produção de artistas de todo o país, como Caribé, Tomie Ohtake, Athos Bulcão, Anita Malfatti, Maria Bonomi e outros.

ATIVIDADES ONLINE

14/01– LABORATÓRIO DE CRÍTICA (Digital)– “O cinema feminino e a escrita crítica de cinema brasileiro”, com Mariana Souza
Às 14h
Duração: 4h
Capacidade: 100 vagas
Classificação indicativa: a partir de 16 anos
Acesso: Evento gratuito. Link para inscrição no www.ccbbeducativo.com
Laboratório de crítica e reflexão sobre arte, incluindo a esfera do jornalismo cultural, memória e patrimônio, a partir das programações de mais destaque. Visa a continuidade de uma plataforma consolidada pelo programa de diálogo com estudantes de arte, jornalismo, curadoria e história.
Sinopse: Neste encontro, Mariana irá compartilhar o trabalho das mulheres negras, indígenas e LGBTs no cinema brasileiro contemporâneo e os processos de revisão das imagens canônicas.
Sobre a convidada: Mariana Souza foi curadora do “II FINCAR – Festival Internacional de Cinema de Realizadoras”, do “III Palco Preto e crítica de cinema”, integrou o “Janela Crítica” no “X Janela Internacional de Cinema do Recife” e participou do “III Talent Press Rio”, escrevendo críticas cinematográficas dentro da programação do “Festival do Rio”. Estudante de cinema na Universidade Federal de Pernambuco, pesquisa gênero, raça, sexualidade e direitos. Sua crítica “A Febre Crônica da América” foi publicada no catálogo “ Acorde! O Cinema de Spike Lee”, em 2018

16/01- MÚLTIPLO ANCESTRAL (Digital) – “Dançar, dançar”, com Fernando Leme e Guilherme Fogagnoli
Às 10h (lançamento)
Classificação indicativa: a partir de 3 anos
Local: redes do CCBB e site do CCBB Educativo
Acesso: www.ccbbeducativo.com
O Múltiplo Ancestral são trocas ligadas a diferentes saberes e práticas culturais, articulando a memória e o patrimônio. Alia a tradição oral, o afeto e olhares sobre o material e imaterial, fortalecendo a relação do sujeito com a diversidade. Produção de um episódio mensal em vídeo sobre saberes ancestrais, contação de histórias, brincadeiras e cantigas.
Sinopse: O Múltiplo Ancestral de janeiro é música! A canção inédita “Dançar, dançar” produzida para o CCBB Educativo, é uma homenagem a uma das maiores expressões culturais do Brasil: a dança. Com toda a sua diversidade e pluralidade, em ritmos propriamente brasileiros como o samba, o forró, o maracatu, a dança é uma manifestação democrática independente de raça e presentes em todas as regiões do país. Música e Letra: Fernando Leme. Edição audiovisual: Guilherme Fogagnoli.
Sobre os convidados: Fernando Leme é graduado no curso de Artes Cênicas pela Unicamp. Ator e diretor de teatro com mais de 20 peças no currículo. Apresenta sólido trabalho como músico. Cantor e compositor com trilhas para teatro e cinema. Atua também como professor de artes, teatro e música. Guilherme Fogagnoli é videomaker e artista visual. Iniciou a carreira como editor de cinema e vídeo e produziu seus próprios curtas-metragens, videoclipes de bandas e artistas renomados no mercado nacional e documentários. Após uma temporada de trabalho com produção de arte, tecnologia e interatividade, migra para a vídeo arte e o live cinema. Funda em parceria com outros artistas os coletivos SUBMAGEM, V-DOC e MoMa AV, sempre trabalhando com a imagem editada ao vivo em função da música.

Fonte:  Conteúdo Comunicação
Fotos: Divulgação

Por: visitebrasilia
Data: 12/01/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!