EnglishJapanesePortugueseSpanish
01.08.2019

PROGRAME-SE: COMA VEM AÍ COM MAIS DE 60 SHOWS EM 3 DIAS DE EVENTO

CoMA Pedro Lacerda 1 1024x684 PROGRAME SE: COMA VEM AÍ COM MAIS DE 60 SHOWS EM 3 DIAS DE EVENTO

O festival acontece em shows simultâneos na Funarte, no Planetário e no Clube do Choro. Além das apresentações, o evento conta com uma grande conferência para fortalecer o mercado musical

A 3ª edição do festival CoMA (Convenção de Música e Arte), que une shows e várias atividades do universo da música acontece em Brasília de 2 a 4 de agosto. No Line-up, mais de 50 atrações confirmadas, entre artistas internacionais e nacionais. Grandes nomes, como Ney Matogrosso, Maria Gadú, Fresno, Liniker e os Caramelows, BaianaSystem, Hamilton de Holanda Quarteto, Scalene e Francisco, El Hombre fazem parte do circuito. Além das apresentações, a proposta da convenção é também fomentar o empreendedorismo musical durante a Conferência, que tem início no dia 1º do mesmo mês.

Na programação, o primeiro dia (02) é marcado pela tradicional festa de abertura. E, no fim de semana (03 e 04), é que o palco ferve com as atrações mais esperadas.

Line Up

Ney Matogrosso, Maria Gadú, BaianaSystem, Hamilton de Holanda Quarteto, Liniker e os Caramelows, Scalene, Fresno, Francisco El hombre,Luedji Luna, Filipe Ret, Djonga, Pedro Luís “Vale Quanto Pesa – Pérolas de Luiz Melodia”, Aretuza Lovi, Heavy Baile, Da cruz (Suíça), Letícia Fialho e a Orquestra da Rua Part. Pedro Luís, Joe silhueta part. Odair José, Tuyo, Nãnan, DJ ATR, Daniel Santiago Quarteto Union, Obinrin Trio, Forró Red Light, Barro, Scratch Massive (França), Hodari, Kafé, Camarones Orquestra Guitarrística, Sandro, Adriah, Triss (Coréia do Sul), 2dub, Dionisio (Colômbia), Raquel Reis, Sate (Canadá), Ellefante, Gypsy Jazz Club, Vavá Afiouni, Moara, Perrelli B2B Preta, Paula Zimbres e grupo, Realleza, Bandinha Di Dá Dó, Litieh, Marlene Souza, Karla Testa, Paulo Chaves, Beatriz Águida, Natália Carreira

Responsabilidade socioambiental 

O  evento já nasceu com propósito socioambiental. Inspirado no plano Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU), o festival, desde 2017, tem o objetivo de incentivar as boas práticas de inclusão, a valorização da cultura local e redução dos impactos ambientais. Entre as ações, a convenção oferece acessibilidade para pessoas com deficiência, além de reinserção social de cidadãos em situação de rua e egressos do sistema prisional.

O projeto arquitetônico foi todo pensado para o conforto dos PCDs. Ele contempla vagas, mesas na praça de alimentação e banheiro reservados e adaptados. E, ainda, espaços exclusivos com visão privilegiada dos espetáculo. Há também cadeiras de rodas disponíveis, protetores de ouvidos ( para autistas, visando o melhor conforto acústico durante os shows) e protetor solar (para pessoas com albinismo, lúpus e outras deficiências). Na praça de alimentação, os cardápios são todos em braille e conta com opções que atendem intolerantes ao glúten e à lactose.

As pessoas com deficiência não pagam ingresso para os shows e tem direito a um acompanhante. Além disso, o festival reserva vagas 7% dos postos de trabalho (entre 70 e 100 pessoas) para os PCDs que querem fazer parte dos bastidores do evento.

Em relação ao meio ambiente, a responsabilidade do festival começa desde da utilização do eco copo até o descarte correto do lixo gerado nos dias de evento. O CoMA faz coleta seletiva. A parte reciclável vai para uma cooperativa parceira, já os resíduos orgânicos viram compostagem. Além disso, para a cenografia, foram utilizados mobiliários feito de resíduos e estruturas de pallet e bambu.

Conferência 

A Conferência do CoMA, que tem o intuito de fortalecer o mercado da música, acontece nos dias 1º e 2 de agosto, das 10 às 19h, no Centro de Convenções Brasil 21. em parceria com o Sebrae-DF, que deve reunir músicos, compositores, empresários, produtores culturais entre outros profissionais ligados ao mercado musical. Serão diversas atividades como debates, showcases, apresentações de piches, oficinas, mentorias e rodas de conversas.

O CoMA

Em suas primeiras edições, o CoMA tem marcado o mês de agosto como um dos maiores festivais de música no Centro-Oeste, voltando os olhos do país para o cenário artístico da capital federal. Em 2017, foram 14 mil pessoas vibrando numa só sintonia, número que chegou a 16 mil no ano seguinte.

O Festival já recebeu em seu palco nomes como Elza Soares, Emicida, Lenine, Flora Matos, Chico César, Far From Alaska, Àttøøxxá, Francisco El Hombre, Rico Dalasan e Clarice Falcão.

CoMA – Convenção de Música e Arte

Conferência 

Data: 1 e 2 de agosto

Local: Centro de Convenções Brasil 21

Horário: 10 às 19h

Ingressos: R$ 80

Shows 

Data: 2 a 4 de agosto

Complexo CoMA:

– Gramado da FUNARTE

– Clube do Choro

– Planetário – Tenda Conexões

Ingressos:

Pelo site: https://www.festivalcoma.com.br/

Passaporte (Festa de Abertura + Shows dia 3 e 4) – SOLD OUT

Conexões (Incluso show dos dias 3 e 4/07) – R$ 74 (meia) / R$ 148 (inteira)

Shows por dia: R$ 40 (meia) / R$ 80 (inteira)

Classificação indicativa: 16 anos

Informações: www.festivalcoma.com.br


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!