EnglishJapanesePortugueseSpanish
11.07.2019

PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE

Azura 1024x683 PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE

Bandas e músicos brasilienses compõem iniciativa gratuita que leva shows para o Distrito Federal. Neste sábado (13), Azura, Realleza e Bolhazul tocarão para o público.

Ocupar as ruas do Distrito Federal com som de qualidade, promover o acesso livre, gratuito à shows de bandas brasilienses e valorizar a música autoral local. A ideia está lançada e eles descobrem e revelam esquinas em Brasília. Afinal, a capital federal tem lá suas “esquinas”. Os brasilienses Israel “Tynkato” Lara, Adolfo Neto e Danilo Abreu são os idealizadores do Vai Tomar no Cover. O projeto, totalmente alternativo e autoral, conquistou as ruas do DF durante o ano de 2018 com hits diferentes, com direito a músicas para todos os gostos. O melhor: ofereceu palco e credibilidade para os artistas da casa.

Após passar pelo Guará e pelo Plano Piloto em 2018, o Vai Tomar no Cover retorna em 2019 no Lago Norte. Desta vez, o evento acontece neste sábado, 13 de julho, às 19h, no túnel que liga o Pão de Açúcar ao Shopping Iguatemi. Os grupos Azura, Bolhazul e a cantora Realleza prometem agitar o local. Entrada gratuita. Livre para todos os públicos.

Vai Tomar no Cover

O projeto nasceu em 2015, quando Israel “Tynkato” Lara, Adolfo Neto e Danilo Abreu tiveram a ideia de levar o som que produziam para circular pelas ruas do Distrito Federal, possibilitando o livre acesso das pessoas à música autoral produzida em Brasília. Foi quando eles tiveram a ideia de comprar um gerador de energia e começar a testar. “Fazíamos pequenos shows nas ruas, em locais de alta circulação. As pessoas curtiram a ideia e paravam para assistir”, destaca Adolfo Neto.

O projeto deu tão certo que eles chamaram a atenção de produtores locais e, logo, se viram tocando em eventos como o Picnik, Móveis Convida, além de terem sido convidados a levar o projeto para a Semana Internacional de Música em 2015, importante evento que reúne toda a cadeia produtiva da música independente brasileira, anualmente, em São Paulo.

E tudo começou com um movimento de guerrilha, onde os músicos da cidade ajudavam uns aos outros. “É uma forma de divulgar as bandas, assim como de nos ajudarmos e, claro, chegar no público com apresentação de qualidade, gratuita”, ressalta Neto. Segundo o músico, eles já tocaram em locais como no Túnel do Lago Norte, Museu Nacional da República, em portas de eventos, ao lado de food trucks e…. por aí vai…

O Vai Tomar no Cover conta com o apoio da Secretaria de Cultura do Distrito Federal através do FAC – Fundo de Apoio à Cultura.

Conheçam as próximas atrações do VAI TOMAR NO COVER

Bolhazul –

Bolhazul é a sensibilidade em forma de música. Donos de uma perspicácia única, suas composições se embalam em sonoridades lúdicas. São apreciadores da arte e não só por isso a canção que abre o álbum Florescer, de 2018, chama-se Manet. O trio é formado por Patrick Maciel (guitarra e voz), Eduardo Hoffmann (baixo) e Guilherme Rocha (bateria).

Realleza –

Rebeca Elen, conhecida como Realleza, nasceu em outubro de 1995, em Brasília. A artista começou a cantar na igreja, com 10 anos, e aos 13 migrou para o RAP, participando do projeto Colisão de Ideias, que ocorria nas escolas públicas da Ceilândia. As letras falavam sobre a preservação ambiental, luta contra o racismo, respeito ao próximo, dentre outros temas de conscientização para os adolescentes.

A partir daí, ela não parou mais. Participou do grupo de RAP gospel Resgatados das Cinzas, onde começou a desenvolver seu talento como compositora e , em 2013, foi convidada para fazer parte do grupo Sobreviventes de Rua.

Ao longo de sua trajetória, dividiu o palco com grandes artistas da cena nacional como: Caetano Veloso, Maria Gadú, Criolo, GOG, Viela 17, Ponto de Equilíbrio, MV Bill, Racionais MC’s, Realidade Cruel, Tribo da Periferia, Rapadura e Nocivo Shomon.

Em 2017, Realleza começa a trilhar carreira solo, com músicas que abordam o empoderamento feminino e negro, a dança e elementos do HIP HOP de forma alegre e contagiante.

Realleza carrega na voz todo orgulho, força e amor do Sol Nascente, uma das maiores favelas da América Latina.

 Azura –

Fundada em setembro de 2017, a Azura é um trio instrumental formado por Bruno Moreira, Douglas Bouret e Lucas Fraga. O grupo tem como objetivo fazer uma mescla de rock psicodélico com post-rock. As canções do trio expressam pensamentos e mudanças de perspectivas do cotidiano.

 SERVIÇO:

Vai Tomar no Cover

Data: 13 de julho de 2019, sábado

Local: Túnel do Lago Norte (Ligação entre o Pão de Açúcar e o Shopping Iguatemi)

19h – Azura

20h – Realleza

21h – Bolhazul

Classificação livre

Entrada gratuita

Informações: (61) 98211-5626

Azura 150x150 PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE %name PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE %name PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE Realleza Crédito Luiz Henrique 150x150 PROJETO MUSICAL VAI TOMAR NO COVER OCUPA LAGO NORTE

 

Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!