EnglishJapanesePortugueseSpanish

Realizado no Museu de Arte de Brasília (MAB), o evento apresenta curso de formação para professores e relançamento de livros infantojuvenis


Evento em Brasilia promove Educacao Patrimonial Realizado no Museu de Arte de Brasília (MAB), o evento apresenta curso de formação para professores e relançamento de livros infantojuvenis

Na próxima terça-feira (24), o Museu de Arte de Brasília (MAB), recentemente reaberto ao público, recebe uma série de ações de Educação Patrimonial, a partir das 17h30. A cerimônia é promovida pela Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF), com o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia federal vinculada à Secretaria Especial de Cultura e ao Ministério do Turismo.

Educação Patrimonial

As ações cumprem o acordado no Termo de Cooperação 001/2020, assinado entre a Superintendência do Iphan no Distrito Federal e a Secretaria de Estado e Educação do Distrito Federal (SEEDF).

Dentre elas, está o Curso de Educação Patrimonial, Diversidade e Meio Ambiente. Com início no dia 24 de agosto, é disponibilizado na plataforma de ensino à distância EAPE, da Subsecretaria de Formação Continuada da SEEDF. O curso apresenta nove módulos e, na primeira edição, conta com a participação de 254 pessoas inscritas, entre professores da rede pública de ensino e interessados na temática. A previsão é que seja realizado semestralmente, até o primeiro semestre de 2025. A formação tem 90 horas e é autoinstrucional, podendo ser feito de acordo com a disponibilidade dos participantes.

Livros infantojuvenis

Na ocasião também serão relançadas as obras Athos colorindo Brasília e Ceilândia, minha quebrada é maior que o mundo, que fazem parte da Coleção Patrimônio para Jovens.

A obra Athos colorindo Brasília foi elaborada por técnicos da Superintendência do Iphan em Brasília, em comemoração ao centenário do artista Athos Bulcão. A história é protagonizada pelo próprio Athos. É direcionada a crianças do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental e fala da formação de Brasília, destacando seus principais bens materiais e imateriais.

A reimpressão da obra foi entregue em fevereiro de 2020, por ocasião da assinatura do Termo de Cooperação 001/2020, entre Superintendência do Iphan no Distrito Federal e Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

Serão entregues 1.105 exemplares para a Secretaria de Educação, que irá distribuí-los entre escolas da regional do Plano Piloto e bibliotecas da rede pública de ensino.

Já o livro Ceilândia, minha quebrada é maior que o mundo, foi lançado no ano passado, durante evento virtual. É voltado para estudantes do 8º e 9º anos e foi produzido a partir de inventários participativos realizados em 2019, em Ceilândia. Contou com a participação de 250 pessoas, entre estudantes, professores, gestores e técnicos. A obra lista as referências culturais indicadas pela própria comunidade. A narrativa é protagonizada por Aline, uma estudante de escola pública, e sua avó Margarida, que percorrem os espaços de Ceilândia e os diferentes momentos de sua história. No início de 2021 foram entregues à Secretaria de Educação mais de 2.800 exemplares, a serem distribuídos, neste segundo semestre, para escolas da regional de ensino de Ceilândia e para todas as bibliotecas escolares e comunitárias do DF sob responsabilidade da Secretaria.

“Tanto o curso quanto as publicações da Coleção Patrimônio para Jovens poderão ser utilizados por profissionais da educação nas suas atividades cotidianas e nos ajudarão enormemente no trabalho de conscientização, de valorização e de difusão, junto ao público infantojuvenil, do patrimônio cultural de Brasília”, destaca o superintendente do Iphan no Distrito Federal, Saulo Diniz.

O Termo de Cooperação

O Termo de Cooperação 001/2020 formaliza a parceria conjunta entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDEF). Foi assinado em 2020, com o objetivo de promover ações de Educação Patrimonial, por meio de publicações, oficinas, seminários e cursos. Possui um plano de trabalho dividido por semestres e as ações seguem adaptadas ao cenário de pandemia.

www.iphan.gov.br

Fonte: Assessoria de Comunicação Iphan

Foto: Divulgação/Iphan

Por: visitebrasilia
Data: 21/08/2021


Fechar

Enviar email

Que tal ter acesso rápido e fácil ao seu roteiro de onde estiver?
Envie por e-mail, compartilhe com amigos, e divirta-se em BSB!!!

Fechar

Criar novo roteiro

Fechar

Editar Roteiro

Fechar

Esqueci minha senha

Fechar

Aviso

Solicitação enviada com sucesso!