O cantor, compositor e músico Chico César comandará o palco no encerramento da 12ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social nesta sexta-feira, 21 de junho, a partir das 21h, no Ulysses Centro de Convenções em cerimônia aberta e gratuita ao público. Canções como "Mama África", "À primeira vista" e "Deus me proteja" são aguardadas pela plateia.

Antes disso, a partir das 19h, haverá a revelação das dez tecnologias sociais vencedoras deste certame. A premiação acontece a cada dois anos, desde 2001, e reconhece, certifica e amplia a visibilidade de soluções, as chamadas Tecnologias Sociais, que são desenvolvidas em interação com as comunidades e buscam resolver problemas socioambientais, transformando realidades de Norte a Sul do Brasil e promovendo o desenvolvimento sustentável.

Os destaques desta edição são o compromisso com a inovação social, com a premiação de tecnologias que promovem o desenvolvimento sustentável e a inclusão social. Com um investimento total previsto de até R$ 6 milhões, o prêmio reconhece 20 tecnologias sociais finalistas, além de destinar até R$ 5 milhões para investimento em 10 projetos de reaplicação de tecnologias certificadas pela Fundação BB para atender brasileiros de todas as regiões do país.

Ao todo, para esta edição, foram inscritas 1.012 iniciativas provenientes de todas as unidades da federação e do Distrito Federal. Esse foi o segundo maior número de inscrições desde a instituição do prêmio. Neste ano, destaca-se a participação dos estados de São Paulo, com 189 inscrições, e do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, com 99 cada, e de dois estados que não participaram da última edição: Mato Grosso do Sul e Acre, com 13 e 2 inscrições, respectivamente.

12º Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social – noite de premiação

Quando: 21/06/2024

Onde: Ulysses Centro de Convenções, Brasília (DF)

Horário: a partir das 19h

Apresentação musical: Chico César – 21h30

Entrada franca - retirada do ingresso (até a capacidade de lotação) no site (neste link)
 

Sobre esta edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social
 

Semana Nacional de Tecnologia Social 2024

A Semana Nacional de Tecnologia Social 2024, que precedeu a premiação, de 18 a 20 de junho, ofereceu um espaço para debates, palestras e atividades culturais, destacando temas como diversidade, igualdade racial, gênero e desenvolvimento sustentável. Instituições sem fins lucrativos de todo o Brasil participaram com 1.012 iniciativas, submetendo soluções que buscam resolver problemas socioambientais em comunidades de norte a sul do país.

O evento é considerado um dos principais do terceiro setor no Brasil, conectando pessoas e instituições que transformam realidades, como catadores, agricultores familiares, jovens, mulheres e povos tradicionais. Para mais informações sobre as tecnologias sociais finalistas e a programação completa da premiação, acesse o site Transforma! e acompanhe os detalhes na página oficial do prêmio.

Tarciana Medeiros, presidenta do Banco do Brasil, afirma que a ampla atuação do Banco do Brasil na economia brasileira encontra ainda mais relevância ao observarmos todas as iniciativas que temos promovido na Agenda ASG. "A Agenda ASG é parte inerente a atuação do Banco do Brasil e totalmente aderente aos interesses dos nossos acionistas, clientes e da sociedade. A Fundação Banco do Brasil é nosso coração social e, com o reconhecimento e o investimento para replicação das tecnologias sociais certificadas, queremos ampliar ainda mais nossa capacidade transformadora, em todas as regiões do país. Isso se soma ao fato de sermos o banco com uma das maiores carteiras de negócios sustentáveis do mundo, de R$ 359 bilhões de saldo", diz Tarciana.

Kleytton Morais, presidente da Fundação Banco do Brasil, destaca no Prêmio a importância de ser um evento de dimensão nacional, um dos principais do 3º setor. "O Prêmio conecta pessoas e instituições que transformam a vida de catadores, ribeirinhos, jovens, mulheres, negros, agricultores familiares, entre tantos outros que fazem parte do público priorizado pela Fundação BB. E, nesta edição, temos novidades: ampliamos a programação para quatro dias, abrimos o evento à sociedade em geral, com entrada gratuita. É uma oportunidade para conhecer as Tecnologias Sociais finalistas e celebrar as vencedoras."

Todas as iniciativas reconhecidas como Tecnologia Social vão compor o repositório de Tecnologias Sociais no Portal Transforma!, a maior e mais abrangente base de dados de tecnologias sociais do país.

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social

Realizada a cada dois anos, a premiação, que é considerada uma das mais importantes do Terceiro Setor, já recebeu mais de 9.284 inscrições, elegeu 73 vencedoras e possibilitou o aporte de R$ 16,4 milhões em prêmios. Atuam como parceiros desta edição do prêmio a BB Asset; a Vale; o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania; o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ministério da Igualdade Racial; a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO); Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Mais informações sobre as tecnologias sociais e o prêmio estão disponíveis no site Transforma! e na página do prêmio.

Sobre a Fundação Banco do Brasil

Há quase quatro décadas, em 1985, o Banco do Brasil instituiu sua Fundação para contribuir com a transformação social dos brasileiros e com o desenvolvimento sustentável do país. É a principal instituição gestora dos projetos socioambientais apoiados por meio do Investimento Social Privado - ISP do BB e de parceiros. Nos últimos 10 anos, foram investidos R$ 2,7 bilhões em 10 mil iniciativas que impactaram positivamente a vida de 6,8 milhões de pessoas de 3.400 municípios. Os eixos de atuação são: Tecnologia Social (eixo transversal), Educação para o Futuro, Meio ambiente e Renda, Saúde e Bem-estar, Ajuda Humanitária e Voluntariado.






Fonte: Agência Mentha